Home > Gestão

Usineiros terão sistema eletrônico de acompanhamento da produção

Ministério da Agricultura informatiza envio das informações, que antes eram encaminhadas aos produtores via carta ou fax

Redação do COMPUTERWORLD

11/02/2008 às 19h16

Foto:

Os dados referentes à produção da primeira quinzena de fevereiro da indústria sucroalcooleira – de derivados da cana-de-açúcar – serão repassados ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento por meio eletrônico e não mais por carta ou fax.
O Sistema de Acompanhamento da Produção Canavieira (SapCana) reunirá, na internet, informações das 370 fábricas de açúcar e álcool do país. Cada unidade recebe uma senha para entrar no site e envia os dados. O ministério vai congregar as informações e gerar relatórios.

Pelo sistema, os usineiros enviarão ao ministério dados sobre a quantidade de cana moída, a produção de açúcar e de álcool, as quantidades enviadas aos mercados interno e externo, e os níveis dos estoques.

Esse controle sempre existiu, desde a época do IAA [Instituto do Açúcar e do Álcool]. O tempo de processamento é que era lento, o fechamento era feito com muito atraso. Com o sistema online, o governo pretende ter essas informações de modo mais rápido.

A preocupação dos usineiros é quanto a divulgação dos níveis dos estoques das empresas, o que prejudicaria a concorrência e poderia elevar ou reduzir os preços subitamente. O sigilo dos estoques será mantido. O novo sistema foi elaborado pelo Serpro [Serviço Federal de Processamento de Dados] e vai melhorar a segurança.

Segundo o ministério, o monitoramento viabiliza o acompanhamento do volume dos estoques, evita possíveis desabastecimentos e indica a demanda de financiamentos para o setor. Os dados sobre etanol serão repassados à Agência Nacional de Petróleo, que acompanha a produção de álcool combustível no país.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail