Home > Tendências

Use a IA para reduzir a desordem e o desperdício na publicidade digital

Tecnologia melhora as campanhas digitais de marketing e personalizar as experiências do cliente, possibilitando maiores chances de negócio

Alessander Firmino *

22/01/2019 às 18h02

Foto: Shutterstock

A proliferação de novas tecnologias criou uma oportunidade substancial para entender e atender os clientes com um nível de personalização inigualável. A Inteligência Artificial (IA) é uma dessas tecnologias com a capacidade de transformar o Marketing, dando às marcas e varejistas a oportunidade de se conectarem diretamente com os clientes. Essa personalização por meio da IA - individualizando as mensagens e envolvendo-se diretamente com o cliente de maneira escalonável - significa que é possível uma opção hiper-relevante de se chegar às pessoas.

As alterações na segmentação de pessoa a pessoa, no entanto, não são novidade. Por exemplo, a mudança no uso popular de telefones fixos para celulares trouxe consigo uma transformação no estilo de vida e na acessibilidade. Quando você ligava para um local, você não tinha certeza de quem estaria do outro lado da linha. Agora, quando você liga para um celular, pode alcançar a pessoa independentemente de onde ela esteja e esta, por sua vez, decidirá se atende o telefone.

A Inteligência Artificial oferece uma oportunidade semelhante. Quando os profissionais criam uma campanha de Marketing Digital com IA eles conseguem identificar seu cliente e personalizar a mensagem em tempo real. Isso permitirá que eles se afastem da noção cada vez mais antiquada de público, que não reflete a verdadeira intenção do indivíduo. Com uma combinação de dados personalizados de rastreamento anônimo e as possibilidades ilimitadas de IA, uma mensagem hiper-personalizada e hiper-relevante é entregue. Isso cria uma experiência de usuário ideal semelhante a um serviço, tornando o cliente muito mais propenso a participar e converter.

Limitando o desperdício
Com o investimento em publicidade digital em todo o mundo estimado em US $ 273,29 bilhões em 2018, de acordo com a eMarketer, considere o que aconteceria se pudéssemos reduzir significativamente o desperdício de publicidade digital. Com a capacidade da IA de identificar micro tendências e até mesmo prevê-las, os profissionais de marketing podem tomar decisões estratégicas sobre onde alocam seus orçamentos.

Estudos mostram que os clientes têm maior probabilidade de fazer negócios com uma empresa se ela oferecer uma experiência personalizada – 80% mais provável, de acordo com pesquisas da Epsilon. O marketing personalizado envolve os indivíduos com base em seus interesses e preferências exclusivos e gera melhores relacionamentos com os consumidores. A redução do desperdício no ecossistema significa clientes mais engajados e um resultado final mais forte.

Incentivando a objetividade
Respeitando a individualidade, preconceitos conscientes e inconscientes também podem ser eliminados. A personalização por meio da IA pode alavancar dados extremamente detalhados que são totalmente relevantes para o objetivo de negócios. As abordagens manuais geralmente usam dados brutos, que não apenas são menos precisos, mas também exibem fortes vieses, como sensibilidade ao gênero, raça, religião ou opiniões políticas. Uma análise objetiva orientada por IA, baseada apenas em dados diretamente relevantes, pode criar uma visão do cliente com pouco ou nenhum viés.

Claro, existem alguns obstáculos que devem ser ultrapassados até que a indústria esteja pronta para a IA ser difundida. O pesado custo computacional da IA foi um obstáculo significativo até poucos anos atrás, quando as GPUs (unidades de processamento gráfico) e a computação em nuvem tornaram a TI mais fácil de lidar. E como muitas empresas abrem laboratórios de IA ao redor do mundo, elas enfrentam uma falta de qualificação. O ritmo acelerado do avanço da IA é um desafio para os programas tradicionais de treinamento e as empresas são obrigadas a inovar no domínio do desenvolvimento pessoal. Isso está criando a necessidade de uma abordagem criativa e até agressiva para contratar os melhores talentos.

O advento da próxima geração de tecnologias de publicidade digital transformará a indústria e será um benefício para empresas e clientes. O mundo de marketing orientado por dados abrirá novas oportunidades e possibilidades de comunicação entre os dois, talvez levando a um ambiente mais aberto e colaborativo. A Inteligência Artificial finalmente irá inaugurar a simbiose que a indústria de marketing tem procurado.

 

(*) Alessander Firmino é Diretor Geral da Criteo para o Brasil e América Latina

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail