Home > Carreira

Três passos para ampliar suas oportunidades no LinkedIn

O grande desafio é cada vez mais aproveitar as diferentes formas de negócio que podem ser desenvolvidas por meio da rede

Fernanda Nascimento *

13/04/2018 às 8h06

Foto:

O
fenômeno LinkedIn já totaliza no mundo 546 milhões de usuários. Só no
Brasil, já chegamos aos 32 milhões. As últimas estatísticas,
apresentadas há duas semanas pela rede social, mostram que os números do
LinkedIn crescem ano após ano e com eles a relevância dessa plataforma
no cenário corporativo mundial.

O
grande desafio é cada vez mais aproveitar as diferentes formas de
negócio que podem ser desenvolvidas por meio dessa rede. Algumas dicas
são imprescindíveis e podem aumentar consideravelmente as suas
oportunidades:

1 - Imprimia uma marca pessoal

O
seu perfil no LinkedIn é muito importante. É o seu cartão de visitas,
onde você apresentar a sua experiência profissional e os resultados que
gerou ao longo de sua carreira. É importante ressaltar as suas
realizações. A fase em que você se encontra: "em transição profissional"
ou "desempregado" não pode ser sua principal história. Portanto, seu
perfil deve dar ênfase ao que você pode oferecer como profissional e não
à sua situação atual. Qual é o seu melhor? O que você faz de mais
relevante comparado a outros profissionais?

Para
descrever a experiência profissional e a formação acadêmica, priorize o
emprego mais relevante nos locais de destaque. Isso elimina a
necessidade de colocar a posição mais recente no topo da lista. Assim, é
possível montar sua experiência estrategicamente, enfatizando as
informações mais importantes da sua carreira naquele momento.

Isso
não quer dizer que vale a pena apagar o passado ou turbinar a
realidade, passando uma imagem a qual não é legítima. Toda a nossa
história tem valor, até aquele estágio no comecinho da carreira. E desde
esse comecinho você conheceu pessoas que sabem exatamente quem você é e
os seus resultados. Portanto, seja verdadeiro.

2 - Engaje os profissionais importantes para você

A
ideia de usar o LinkedIn para se recolocar, vender ou mesmo aumentar
sua autoridade no seu segmento é legítima, mas é preciso que as pessoas
entendam o que você tem a oferecer. É mais ou menos como provar o
conteúdo no seu perfil. Você garantiu ser bom, mas como atestar?

Nas
redes sociais, a melhor forma de mostrar o conhecimento é dividir a sua
experiência, por meio de conteúdo: vídeos, textos, posts ou artigos
longos do LinkedIn. Ao oferecer uma informação interessante para a sua
rede, você marca seu espaço mostrando que é um especialista no mercado,
com conhecimento sobre a sua área de atuação, aponta tendências e, por
tudo isso, vale a pena ser seguido.

Quando
alguma de suas conexões compartilha o conteúdo que você produz, usa
esse material para então influenciar sua rede, como se fizesse dela as
suas palavras. Você não só está mostrando sua expertise, como reforçando
a autoridade de alguém conectado a você. Então, sua imagem e sua
experiência chegam mais longe, deixando de atingir prioritariamente a
sua rede de primeiro grau – pessoas conectadas diretamente a você – e
passa a navegar entre as suas conexões de segundo grau.

3 - Use esse alcance para aumentar sua network

Quando
uma conexão de segundo grau interage com a sua experiência, por meio do
conteúdo publicado e compartilhado, abre espaço para um convite a se
conectar. A partir daquele momento, a pessoa já sabe quem você é e
concorda, de alguma forma, com o seu pensamento.

Use
uma mensagem personalizada para se aproximar, deixe claras suas
intenções, mesmo que esteja interessado em uma vaga de emprego postada
ou tenha uma oportunidade de negócio. Suas chances de sucesso nesse
contato serão muito maiores.

E,
caso você já tenha analisado as conexões das suas conexões, por
curiosidade ou até mesmo planejando alguma ação com a sua rede, deve ter
percebido quantas chances de se aproximar de profissionais
interessantes há no LinkedIn. O potencial é enorme!

LinkedIn

Essas
dicas certamente farão você ter mais visibilidade na rede social e o
manterá mais próximo de pessoas que se lembrarão de você no caso de uma
oportunidade. Entretanto, minha última sugestão é: não faça isso uma vez
por semana, mas de 20 a 40 minutos por dia, no mínimo! Assim, não
perderá possibilidades de envolvimento com assuntos em destaque e,
principalmente, de resposta rápida para o que de interessante a rede lhe
trouxer.

 

(*) Fernanda Nascimento é diretora e estrategista na Stratlab

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail