Home > Tendências

Treinamento a distância capacita para adoção do IPv6

Mais cedo do que você imagina, sua empresa precisará se dedicar ao uso intensivo do protocolo

Da Redação

25/05/2017 às 12h35

CIOipv6625yy.jpg
Foto:

O avanço da Internet das Coisas e do esgotamento do estoque de endereços IPv4 na região da América Latina e Caribe começam a tornar os esforços para adoção do protocolo IPv6 inadiáveis. "Há
10 anos o NIC.br promove ações de treinamento e capacitação sobre IPv6,
para que ninguém seja surpreendido”, comenta Demi Getschko, diretor
presidente do NIC.br. E a iniciativa mais recente, voltada
ao preparo de estudantes e profissionais da área, é o curso de IPv6
Básico a Distância.

O anúncio do curso foi feito nesta quinta-feira, 25/5, no encontro do
Grupo de Trabalho de Engenharia e Operação de Redes (GTER), em Foz do
Iguaçu.

“Nosso
objetivo é disponibilizar o conhecimento sobre IPv6 para mais gente,
sem abrir mão da qualidade do ensino. O treinamento a distância permite
que pessoas que estejam em diferentes regiões do País tenham a
oportunidade de se capacitar, e ainda contribui para suprir a demanda
crescente por cursos”, explica Antonio M. Moreiras, gerente de Projetos e
Desenvolvimento do NIC.br.

Não há processo seletivo ou pré-requisitos, basta acessar o site, fazer a inscrição e iniciar as aulas. O
treinamento a distância utiliza a metodologia de Aprendizagem baseada
em Problemas, com módulos introdutórios que abordam como duas máquinas
se comunicam em IPv6, como e por que planejar sua rede IPv6, por
exemplo. Auxiliam no aprendizado textos explicativos, novos vídeos que
complementam o material já produzido pelo NIC.br e o livro Laboratório
de IPv6, que ensina o protocolo por meio da prática.

Para
tirar dúvidas, os estudantes podem consultar o Fórum de Perguntas
disponível na plataforma do curso. As questões serão respondidas dentro
do menor prazo possível. Vale ressaltar que o período beta do curso à distância, com inscrições abertas até 8 de junho, será gratuito, auto instrutivo e não possui tutoria.

O
desempenho será avaliado por meio de questionários disponíveis ao fim
de cada módulo e um certificado será emitido após a conclusão do curso,
para aqueles que alcançarem uma nota mínima. Para profissionais de
engenharia de redes, professores e estudantes com familiaridade com o
assunto, o treinamento deve ter duração de 11 horas. Não há, no entanto,
um prazo para conclusão do treinamento; cada interessado poderá fazê-lo
no seu ritmo.

IPv6

Iniciativas complementares
Entre
as atividades realizadas pelo NIC.br para fomentar o ensino de IPv6,
está a doação do livro “Laboratório de IPv6” para bibliotecas de
instituições de ensino que possuem cursos voltados para a área de Redes
de Computadores (saiba como solicitar).
O NIC.br continua promovendo palestras e workshops em eventos técnicos e
acadêmicos. No começo deste ano, a entidade realizou ainda um hangout para esclarecer dúvidas sobre o fim do estoque de IPv4 na América Latina e Caribe. Para mais informações, acesse: http://ipv6.br/

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail