Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Salvar Escolher Pasta
Transformação digital durante a pandemia reforça entrega de experiência centrada nas pessoas
Home > Tendências

Transformação digital durante a pandemia reforça entrega de experiência centrada nas pessoas

Estudo da VMware aponta que quase todas as empresas que concentraram esforços em digitalização durante a pandemia tiveram sucesso

Da Redação

28/07/2020 às 12h00

Foto: Adobe Stock

Pesquisa global, realizada em março e abril deste ano pela VMware, revela melhor alinhamento organizacional entre desenvolvedores de aplicações, tomadores de decisão de TI e de negócios, à medida que trabalham juntos para ajudar as empresas em meio à crise. Além disso, o estudo apresenta as estratégias que as companhias mais bem-sucedidas estão adotando para melhorar suas experiências digitais.

O surto de Covid-19 acelerou processos ainda imaturos ou decisões que resistiam priorizar a digitalização nas organizações. De acordo com o relatório da VMware, a pandemia serviu como aviso para o verdadeiro estado de evolução e os resultados são menos terríveis do que o esperado: apenas 2% de todos os entrevistados disseram que as adaptações rumo à transformação digital não foram bem-sucedidas.

A pesquisa “Successful Digital Transformation: Apps At The Ready” foi baseada na entrevista de 5.000 tomadores de decisão de negócios, de TI e desenvolvedores de aplicações em empresas de médio a grande porte em 17 países ao redor do mundo. A Vanson Bourne conduziu o estudo em março e abril de 2020.

“A velocidade com que as empresas mudaram para os canais digitais durante a pandemia sinaliza a importância crítica das aplicações modernas”, aponta Sumit Dhawan, Vice-presidente Sênior e Diretor de Customer Experience da VMware. “As organizações sempre precisam fazer mais do que transformar recursos para oferecer experiências digitais aos clientes e funcionários. Para prosperar, é necessário cultivar a liderança focada em software, impulsionar o alinhamento entre desenvolvedores de aplicações, área de TI e negócios, além de adotar plataformas estratégicas de tecnologia”.

CIO2503

E-book por:

As aplicações modernas não estão apenas ajudando as empresas a manter sua agilidade e confiabilidade durante a pandemia, elas também estão otimizando a transformação digital. Segundo a pesquisa, os principais benefícios das aplicações modernas nativas da nuvem durante a pandemia foram: possibilitar equipes de trabalho remoto (54%); permitir atualizações rápidas em resposta à mudança de cenário (42%); manutenção da disponibilidade (41%).

De acordo com desenvolvedores de aplicações (app devs) e tomadores de decisão em TI (ITDMs), as aplicações modernas também fornecem: melhor experiência ao usuário final (46%); melhor desempenho de aplicações/softwares (43%); uso mais eficiente do tempo do desenvolvedor de aplicações/softwares (43%).

Quase todos os entrevistados (97%) obtiveram algum sucesso, grande ou pequeno, em seus esforços de transformação digital. Eles relataram que aumentar a eficiência dos negócios (48%), melhorar a experiência do cliente (42%) e atualizar plataformas tecnológicas existentes (39%) são as principais prioridades no processo da transformação tecnológica das organizações em que atuam.

Mudança de mentalidade

A pandemia também mudou a mentalidade e a percepção das pessoas sobre suas empresas. Os entrevistados descreveram as companhias, suas prioridades e relações de trabalho em equipe de maneira diferente antes e durante a pandemia. O alinhamento entre departamentos é um fator crucial para o sucesso nos melhores e piores momentos. E durante a pandemia, sua importância aumentou exponencialmente, de acordo com o relatório.

Também foi possível identificar uma melhoria acentuada na forma como as equipes caracterizaram o relacionamento corporativo durante a pandemia:

  • A percepção da qualidade do alinhamento entre times de app dev e TI aumentou de 64%, no período anterior à pandemia, para 70% durante;
  • Já entre times de app dev e equipes de negócios, subiu de 57% para 67%;
  • Enquanto entre equipes de TI e de negócios, aumentou de 55% para 67%.
  • As prioridades de transformação digital “redução de custos” e “melhoria da experiência do funcionário” tiveram peso mais parecido durante a pandemia (29% e 27%, respectivamente) do que antes dela (37% e 20%, respectivamente).

Melhoria na experiência digital

De acordo com a pesquisa, as empresas que buscam prosperar no mundo digital devem adotar uma liderança experiente em tecnologia, processos modernos de desenvolvimento de aplicações/softwares e ferramentas modernas de desenvolvimento para fornecer com êxito novos apps e atualizar/melhorar os apps já existentes. A maioria dos entrevistados (88%) afirmaram que as organizações com líderes focados em software são mais bem-sucedidas.

Mais de três quartos (80%) dos app devs e dos ITDM concordam que a inclusão da atividade, como teste e aprendizado, permitiria que as empresas trabalhassem de maneira mais eficiente. A mesma porcentagem diz que as equipes devem modernizar as tecnologias usadas para desenvolver e implementar aplicações e softwares, para que os projetos de desenvolvimento sejam mais bem-sucedidos. Em reforço, 79% dos app devs e ITDM concordaram que as companhias não serão capazes de oferecer a melhor experiência ao usuário final sem modernizar com êxito os processos de desenvolvimento de aplicações/software.

O relatório também indica que as empresas de alta performance (HP), aquelas que crescem mais de 15% ao ano, são melhores do que organizações de baixa performance (UP), as quais apresentam queda na receita anual, nos seguintes pontos:

  • Novos projetos de desenvolvimento de software/aplicações que chegam à produção (73% HP versus 40% UP);
  • Proporção média de tempo gasto por app devs e ITDMs no processo de desenvolvimento e inovação de apps (50% HP versus 39% UP);
  • Mais da metade de seus processos de desenvolvimento pode ser considerada ágil (83% HP versus 24% UP).

Vai um cookie?

A CIO usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Fechar anúncio

15