Home > Notícias

Tinder melhora matches com o uso do reconhecimento de imagem da AWS

Objetivo é otimizar a categorização e a combinação dos usuários

Scott Carey, Computerworld/UK

09/12/2018 às 21h42

Foto: Shutterstock

O popular aplicativo de namoro Tinder está usando a tecnologia de reconhecimento de imagem da Amazon Web Services (AWS) para alimentar seu algoritmo de matches usados por clientes premium.

Falando durante a AWS re: Invent em Las Vegas, Tom Jacques, vice-presidente de engenharia da Tinder, explicou como está usando o serviço Deep AWS Rekognition para identificar os principais traços dos usuários, explorando as 10 bilhões de fotos que eles enviam diariamente.

"Os desafios que enfrentamos estão em entender quem os membros querem ver, com quem eles combinam, quem vai conversar, que conteúdo podemos mostrar a você e como podemos apresentá-lo a você", destacou Jacques.

O Tinder usa 40 TB de dados por dia em suas análises enriquecidas por sistemas de ML, suportadas pelos serviços em nuvem da AWS, para gerar mais matches bem sucedidos.

Jacques diz que o Tinder sabe que o principal driver para os matches são as fotos. "Nós vemos isso nos dados: quanto mais fotos você tiver, maior a probabilidade de sucesso."

Quando um usuário abre sua conta no Tinder, ele normalmente publica um conjunto de fotos de si mesmo e uma pequena biografia escrita, no entanto Jacques diz que um número crescente de usuários está descartando a bio completamente, significando que o Tinder precisava encontrar uma maneira de minerar mais imagens em busca de dados para basear suas recomendações.

O Rekognition permite que o Tinder marque automaticamente bilhões de fotos com tags de personalidade. Uma pessoa com um violão pode receber a tag músico ou  'criativo'. E alguém usando equipamentos de escalada, as de 'aventureiro' ou 'ao ar livre'.

O Tinder usa essas tags para enriquecer seus perfis de usuário, juntamente com dados estruturados, como informações sobre educação e trabalho, e dados de texto bruto não estruturados

"Em seguida, alimentamos nosso sistema de marcação para trabalhar o que destacamos para cada perfil", diz ele.

Resumindo, o Rekognition fornece ao Tinder uma maneira de "acessar o que está dentro dessas fotos de maneira escalável, obedecendo a regras de privacidade e segurança", disse Jacques.

"O sistema da AWS oferece não apenas escalabilidade de nuvem capaz de lidar com os bilhões de imagens que temos, mas também recursos poderosos que nossos especialistas e cientistas de dados podem usar para criar modelos sofisticados para ajudar a resolver os problemas complexos do Tinder", acrescentou. "A privacidade também é importante para nós e o Rekognition nos fornece APIs separadas para fornecer controle e nos permitir acessar apenas os recursos que desejamos. Com base no Rekognition, podemos mais que dobrar a cobertura de tags."

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail