Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Salvar Escolher Pasta
Mentoria: como começar e como garantir que seus esforços de mentoria valham a pena
Home > Tendências

Mentoria: como começar e como garantir que seus esforços de mentoria valham a pena

Mentorias podem ser uma experiência gratificante para todos os envolvidos. Líderes de TI oferecem conselhos sobre como começar

Christina Wood

07/10/2021 às 10h37

Foto: Shutterstock

Não importa onde você esteja em sua carreira, um mentor excelente pode ajudá-lo a assumir funções maiores, obter insights sobre desafios técnicos e se tornar um líder melhor. Ser mentor também é um passo importante na carreira - e não apenas porque fica bem no seu currículo e lisonjeia o seu ego.

A mentoria pode ajudá-lo a contratar funcionários de qualidade, criar conhecimento sobre sua equipe atual, impedir que funcionários saiam e aumentar a satisfação de todos no trabalho. É uma oportunidade de aprendizagem - para mentor e pupilo - diferente de qualquer outra. Mas como você estabelece uma mentoria e faz isso direito quando chega lá? E como você incentiva e capacita as pessoas em suas equipes a fazer isso também?

Pedir a alguém para ser seu mentor ou se oferecer para ser o mentor de alguém pode ser mais embaraçoso do que convidar alguém para sair. Essa ansiedade social em relação ao namoro gerou uma indústria de colunistas de conselhos, livros e sitcoms para ajudar as pessoas a navegá-la. E sobre a mentoria?

Conversamos com mentores habilidosos sobre como eles iniciam uma mentoria, o que eles aconselham e se há um aplicativo para ajudar a conectar mentores e pupilos.

Isso é o que eles me disseram.

Oportunidades de mentoria estão em toda parte se você olhar e ouvir

O primeiro passo é encontrar alguém interessado em se juntar a você na jornada de mentoria. A maioria dos especialistas com quem conversei insiste que as oportunidades de mentoria estão em toda parte: em sua equipe, em sua empresa, em outros departamentos (porque as habilidades são ótimas), em seu mundo social, talvez até mesmo em seu bar local.

Mas pedir a alguém em uma função que você espera exercer um dia para gastar seu valioso tempo ajudando você a chegar lá, ou sugerir que você sabe o suficiente para ajudar outra pessoa a atingir seus objetivos, pode ser estranho.

“A maioria das pessoas aceita ser convidada a ser mentora”, diz Richard Bird, Diretor de Informações ao Cliente da Ping Identity. É lisonjeiro. Muito mais difícil, diz ele, é se oferecer para ser o mentor de alguém. Isso pode parecer arrogante e aumenta a sensação de síndrome do impostor. Antes de fazer uma oferta de mentor, Bird sugere manter os ouvidos abertos para as pessoas que estão sinalizando que estão procurando por um.

“Eles podem dizer que querem crescer ou se desenvolver”, diz ele. “Ou, uma das maiores frases que ouço é: 'Tenho trabalhado, mas ainda não descobri X'. Isso geralmente será mais sobre como navegar na dinâmica organizacional ou interpessoal do que qualquer tipo de desafio técnico”.

Se parece difícil encontrar alguém, você pode estar pensando demais, sugere Nicole Gavel, Chefe de Desenvolvimento de Negócios e Parcerias Estratégicas da Waymo.

“Muitas pessoas acham intimidante se envolver em um relacionamento de mentoria estruturado”, diz ela. “Mas acho que uma mentoria de sucesso, tanto pela experiência do pupilo quanto do mentor, pode ser bastante informal. Pense em todos os mentores em potencial em sua rede e cultive-os para que possa chamá-los quando se deparar com um desafio”.

Esta é uma abordagem muito direcionada à mentoria, ao invés de uma reunião formal contínua com funções claramente definidas. Na verdade, pode haver alguma mudança de função, com uma pessoa sendo mentora em um tópico e sendo orientada em outro.

Gavel sugere que, ao se deparar com algo difícil - seja um desafio técnico, uma luta para obter a adesão das partes interessadas ou uma mudança de carreira - verifique sua rede em busca de pessoas que você conhece que possam ter passado por algo semelhante. “Pergunte a essa pessoa: 'Eu sei que você fechou um negócio como este ou fez esse tipo de integração. Qual foi sua experiência nisso? Você aprendeu alguma coisa que poderia ser útil para mim?'”, diz ela.

O mesmo vale para ser um mentor. “Abordei isso dizendo às pessoas: se eu puder ser útil para você, basta entrar em contato”, diz Gavel.

Considere ingressar em uma comunidade de mentores

“Encontrar um mentor é muito parecido com namorar”, diz Colleen Tartow, PhD, Diretora de Engenharia da Starburst Data. “Essa é uma das razões pelas quais faço parte de uma comunidade chamada Plato. Este é um grupo de mentoria de liderança em que as empresas trazem aspirantes a líderes de engenharia e Plato me coloca em contato com pupilos com base nas coisas em que estão interessados - como equipes diversas, dados e startups”.

A experiência de mentoria da Plato é um pouco mais parecida com um “speed dating”, pois permite que Tartow trabalhe como mentor em uma agenda lotada e também é uma maneira fácil de criar oportunidades de mentoria para uma equipe inteira. “Eu reservo meia hora por semana e sou a mentora de quem quer que me encontre”, diz ela. “Encontrei relacionamentos incríveis desta forma”.

Defina o que você vai ganhar com isso

Depois de encontrar um mentor ou pupilo, a próxima etapa é garantir que o tempo que você gasta seja produtivo para vocês dois.

“Gosto de começar definindo metas e expectativas para a orientação”, diz Tartow. Isso é como estabelecer um acordo operacional antes de começar, e ela sugere abranger tudo, desde metas, expectativas e disponibilidade desde o início. Você está disponível apenas para as reuniões ou está ao seu lado o tempo todo? Qual é o objetivo desta orientação?

“Você está dizendo: ‘Vamos tomar café uma vez a cada duas semanas ‘ou simplesmente’ fazemos parte deste programa de mentoria’”, explica ela.

Criar esse tipo de clareza é uma habilidade de liderança, diz Tartow. “Isso é liderar pelo exemplo. Você está pedindo ao seu mentorado que seja claro sobre o que deseja obter do relacionamento. Eles querem ser promovidos? Eles querem um novo emprego? Eles querem feedbacks mais diretos? Eles estão procurando ter mais influência estratégica? Eles estão procurando ajudar na execução em um ambiente desafiador?”

Claro, os objetivos podem mudar com o tempo, mas começar com definições claras de seus objetivos e funções dá o tom. Também ajuda você a saber quando - ou se - o relacionamento de mentoria acabou.

“Isso também é muito parecido com terapia”, diz ela. “Quando eles alcançam seu objetivo - conseguir o trabalho ou o que quer que seja - então, você sabe, meu trabalho aqui está feito”.

Procure um mentorado que possa lhe ensinar

Mentoria e patrocínio são, de acordo com muitas fontes, ferramentas poderosas para criar um ambiente de trabalho diversificado e para promover a diversidade de pensamento.

“A mentoria é a única atividade corporativa que nos permite fazer escolhas sobre quem impactamos e quem nos impacta”, diz Bird. “Eu encorajo as pessoas - e eu mesmo faço isso - a pedir para serem orientadas ou orientar pessoas que são tão diferentes de você quanto possível.” Dessa forma, diz ele, “vocês dois têm a oportunidade de aprender sobre diferentes experiências, caminhos e desafios, o que ajuda a criar uma força de trabalho mais diversificada”.

Mark Schlesinger, Pesquisador Técnico Sênior da Broadridge Financial Solutions, sugere que, para aproveitar essa oportunidade - mesmo se seu mentorado for muito jovem para você - você deve trabalhar um pouco de “mentoria reversa” em suas interações. Seu pupilo pode, diz ele, “fornecer informações valiosas sobre tópicos que podem ajudar de uma perspectiva geral de diversidade e inclusão. Isso pode incluir uma visão das preferências geracionais das quais a empresa pode não estar ciente e pode ajudá-lo a moldar sua cultura conforme a força de trabalho muda ao longo do tempo”.

Mentoria como forma de recrutamento

Alcançar sua comunidade e oferecer orientação a alunos, candidatos a emprego e outros setores é uma maneira muito eficaz de não apenas recrutar talentos, mas também de aumentar a satisfação profissional de sua equipe atual.

“Em nosso negócio, há mais demanda por talentos qualificados do que os disponíveis”, diz Isabel Dewey, Vice-Presidente Sênior de Pessoas da ReliaQuest. “Portanto, nossa orientação começa na comunidade”.

Um dos programas de mentoria de alcance da empresa envia membros da equipe júnior à universidade local para serem mentores.

“Chamamos isso de laboratórios RQ”, explica ela. “Temos um processo de triagem para garantir que os pupilos tenham perspicácia para a segurança cibernética. Em seguida, fornecemos a eles uma exposição sobre o que fazemos e os alinhamos com nossas equipes de tecnologia, onde eles aprendem mais sobre nós, como operamos e como resolvemos as necessidades de negócios”.

Essas relações de mentoria alimentam o programa de estágio da empresa e "muitas vezes esses estágios tornam-se [trabalhos de] tempo integral", diz ela.

O programa não tem problemas para encontrar mentores internos porque esta é uma oportunidade para ajudar os membros da equipe a crescerem em suas carreiras e está incluída em seu dia, não adicionada ao seu prato.

“Esses mentores estão há apenas dois ou três anos fora da faculdade”, diz ela. “Portanto, isso lhes dá uma das primeiras oportunidades de serem mentores e guias formais. Não faz muito tempo que eles estavam no lugar dessa pessoa, e é uma grande oportunidade para as pessoas que podem estar focadas em responder a tickets para desenvolver algumas habilidades de liderança”.

Pratique a arte de ouvir

Vários dos especialistas com quem conversei alertaram contra oferecer conselhos a um mentorado que não está pronto para ouvi-los. Um truque para ter certeza de que você não está monologando apenas para marcar uma caixa de seleção em algum lugar de sua carreira de mentoria é aprender a ouvir em vez de ensinar.

“Há muito valor em ter um mentor para atuar como uma caixa de ressonância e ajudá-lo a ver as coisas de uma maneira diferente”, diz Heather Natour, Chefe de Engenharia para Vendedores e B2B da Opendoor. “Ser um mentor pode significar mais ouvir e ter empatia do que dar conselhos e experiências de vida”.

Quando as pessoas estão pedindo conselhos, geralmente é porque elas têm um problema específico para resolver, não conseguem se ver na próxima função ou se sentem presas em uma situação ou não estão prontas para um desafio.

“Um mentor pode fornecer validação do desafio e apontá-los na direção certa”, diz Natour. “Eu ajudo a pessoa a ver o que ela pode fazer para avançar em direção a uma meta. Dar à pessoa um espaço seguro para classificar seus pensamentos e emoções não refinados às vezes é mais produtivo do que conselhos”.

Mentoria 'subir de nível'

Natour também recomenda a “mentoria skip-level” - onde o gerente do mentorado se reporta ao mentor - porque dá ao mentor e ao mentorado uma visão do local de trabalho, seu papel e situações específicas que são difíceis de alcançar de outra forma.

“Os gerentes de nível superior geralmente têm a dupla vantagem de ter mais contexto sobre os detalhes de uma situação e também de ter mais experiência para o pupilo aprender”, diz ela. “Eu tive gerentes superiores que me ajudaram a navegar em situações difíceis com meu gerente direto, agiram como patrocinadores e me ajudaram a entender meu próprio papel no nivelamento da organização ou equipe. Em minha função de gerente, descobri que geralmente forneço uma perspectiva diferente sobre um problema que alguém está tendo. Ou posso compartilhar um feedback que seja único por causa da minha própria interpretação da situação. Em vez de tentar resolver todos os seus problemas, vejo meu papel como ajudar os colegas a trabalharem juntos, o que constrói mais confiança entre a equipe”.

Tags
Vai um cookie?

A CIO usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

<

Este anúncio desaparecerá em:

Fechar anúncio

15