Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Salvar Escolher Pasta
Mais da metade dos líderes enxerga Blockchain como prioridade estratégica de negócios
Home > Tendências

Mais da metade dos líderes enxerga Blockchain como prioridade estratégica de negócios

Confiança na tecnologia está crescendo, com mais de 80% dos entrevistados acreditando que aplicação é essencial para vantagem competitiva

Da Redação

16/07/2020 às 12h00

Foto: Adobe Stock

O blockchain vem se tornando uma tecnologia cada vez mais confiável e vista como uma solução estratégica para a maioria dos líderes. Eles estão investindo na tecnologia e colocando em movimento o uso mais difundido de processos, controles e modelos de negócios relacionados ao blockchain. Um estudo da Deloitte estudo sugere que as preocupações em relação ao uso da tecnologia estão desaparecendo e que o blockchain está firmemente enraizada no pensamento estratégico da maioria das organizações em diferentes setores, de acordo com relatório assinado pela empresa e publicado no The Wall Street Journal.

O blockchain é vista como "fortemente" ou "um pouco" amplamente escalável para 88% dos entrevistados da pesquisa, dois pontos percentuais a mais do que no ano passado e quatro pontos a mais em relação a 2018. Isso mostra o aumento da confiança na tecnologia, sobretudo quando 83% dos líderes entrevistados acreditam que se não adotarem a tecnologia perderão vantagens competitivas. Esse percentual era de 77% ano passado e 68% em 2018.

O estudo mostra que os entrevistados estão trabalhando em uma ampla variedade de casos de uso de blockchain que vão além de pagamentos e transações, como acesso/compartilhamento de dados, proteção de identidade e ativos, certificação, compartilhamento de receita e acesso a IP.

Além disso, mais da metade dos líderes pesquisados (55%) diz que vê o blockchain como uma prioridade e uma participação ainda maior está aumentando seus investimentos em pessoal e tecnologias relacionadas. Por exemplo, 82% dos entrevistados dizem que estão contratando funcionários com experiência em blockchain ou planejam fazê-lo nos próximos 12 meses, contra 73% que concordaram com essa afirmação no ano passado.

CIO2503

E-book por:

Embora muitos líderes cada vez mais aceitem o blockchain como um fato, e não como um avanço futuro, algumas dúvidas permanecem. O estudo mostra que o número de entrevistados que consideram o blockchain exagerada aumentou significativamente este ano, atingindo 54%, em comparação com 43% e 39% em 2018 e 2019, respectivamente. Além disso, o número de entrevistados que pensam que o blockchain oferece mais segurança do que os sistemas de TI convencionais caiu para 64%, em relação a 71% em 2019.

A pesquisa “2020 Global Blockchain Survey” inclui as opiniões de cerca de 1.500 executivos e profissionais sêniores, baseados em 14 países, que têm amplo entendimento de blockchain, ativos digitais e tecnologia de contabilidade distribuída.

Blockchain na prática

O relatório da pesquisa também fornece informações sobre ativos digitais. Embora seja mais comumente associado a criptomoedas como bitcoin e Ether, os ativos digitais são muito mais diversos e podem ser usados para uma variedade de propósitos que são representados, mantidos e negociados em uma rede blockchain ou semelhante ao blockchain.

Segundo o relatório, quase 89% dizem acreditar que os ativos digitais serão "muito ou um pouco importantes" para seus setores nos próximos três anos, e a maioria (53%) indica que os ativos digitais serão "muito importantes". Para reforçar ainda mais a importância percebida dos ativos digitais, 83% dos entrevistados dizem que “acreditam forte ou um tanto” que esses ativos servirão como uma forte alternativa ou substituta definitiva da moeda fiduciária nos próximos cinco a 10 anos. Na China, esse número é de 94%.

Potenciais obstáculos

A crescente adoção de ativos digitais pode levantar questões em potencial relacionadas a novas regulamentações e conformidade regulamentar para empresas e órgãos reguladores, alerta a pesquisa da Deloitte. Mesmo assim, a maioria dos entrevistados expressou confiança em atender aos seus requisitos regulamentares. Cerca de 80% afirmam estar "muito ou um pouco preparados" para lidar com os aspectos regulatórios dos ativos digitais.

Ainda assim, persistem preocupações relacionadas a ativos digitais e tecnologia blockchain, incluindo desafios com segurança cibernética, identidade digital global e conformidade com as estruturas estabelecidas de contabilidade, auditoria, controle interno, impostos e relatórios financeiros.

A maioria (58%) dos entrevistados afirma que a segurança cibernética é um dos vários problemas que afetam sua estratégia geral relacionada ao blockchain e ativos digitais. No entanto, apenas 21% indicam que os problemas de segurança cibernética são, por si só, suficientes para impedir seu progresso estratégico. Isso pode significar que, diz a pesquisa, embora as organizações estejam preocupadas com a segurança cibernética, elas podem não reconhecer completamente a importância das medidas de preparação que devem ser tomadas para aliviar as ameaças cibernéticas.

Cerca de 90% dos entrevistados acreditam que uma identidade digital global será "muito ou um pouco importante" para sua estratégia relacionada ao blockchain e ativos digitais. Os entrevistados veem essa identidade como tendo maior impacto nas transações financeiras globais (29%) e na privacidade/propriedade dos dados (27%). Eles atribuem muito menos importância ao impacto que uma identidade digital global pode ter na aplicação da lei (5%), assistência médica/identidade do paciente (9%), viagens internacionais (7%) e conformidade regulatória (7%).

Uma esmagadora maioria dos entrevistados afirma ter confiança na capacidade de suas organizações de atender aos requisitos regulatórios relacionados ao blockchain em áreas como impostos (81%), relatórios financeiros (83%), regulamentos específicos do setor (76%) e leis de valores mobiliários (82%). Isso é consistente com as descobertas sobre regulamentos relacionados a ativos digitais.

Mesmo assim, esses níveis de autoconfiança podem desmentir desafios regulatórios mais profundos. O Blockchain geralmente é baseado em uma arquitetura multipartidária e transfronteiriça, abrangendo muitas geografias e seus respectivos regimes regulatórios. Diferentes governos adotam posições distintas sobre blockchain e ativos digitais. E muitos países e regiões têm regulamentos que afetam diretamente as configurações de blockchain, mesmo que os próprios regulamentos não estejam diretamente relacionados à tecnologia. Um exemplo é o Regulamento Geral de Proteção de Dados, que governa a privacidade na União Europeia.

A variabilidade geográfica dentro de uma arquitetura blockchain pode criar mais complexidade, notadamente relacionada a quais leis prevalecem e quando - uma dinâmica que pode se tornar desafiadora à medida que as regulamentações evoluem. A pesquisa mostra que cerca de 70% dos entrevistados chamam o ritmo da mudança regulatória de "muito ou um pouco rápido", sugerindo um certo grau de conscientização sobre essa mudança.

O blockchain é frequentemente considerada uma ferramenta essencial e vital sobre a qual - e com a qual - novas soluções de ponta estão sendo criadas, ressaltando a expectativa de que as soluções blockchain possam ganhar ainda mais força na comunidade empresarial global nos próximos 12 a 24 meses, de acordo com os autores do relatório da pesquisa.

Tags
Vai um cookie?

A CIO usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Fechar anúncio

15