Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Salvar Escolher Pasta
Governos do mundo todo devem gastar 5% a mais em TI neste ano, estima Gartner
Home > Tendências

Governos do mundo todo devem gastar 5% a mais em TI neste ano, estima Gartner

Gastos do governo com dispositivos e software devem registrar os maiores aumentos ano após ano, segundo consultoria

Da Redação

25/02/2021 às 9h35

Foto: Adobe Stock

Os gastos de governos globais com TI devem totalizar US$ 483 bilhões em 2021, um aumento de 5,1% em relação a 2020, de acordo com a última previsão do Gartner. Três segmentos estão a caminho de ultrapassar o crescimento geral do mercado neste ano, segundo a consultoria: software, infraestrutura e software específico para verticais.

“As organizações governamentais continuam a ser desafiadas com o nível apropriado de intervenções para responder e se recuperar da pandemia de Covid-19”, disse Irma Fabular, Diretora de Pesquisa Sênior do Gartner. “As medidas de saúde pública e segurança, incluindo a vacinação de cidadãos, são uma preocupação primordial, o que exige que os governos continuem a acelerar sua jornada de transformação digital”.

Segundo o Gartner, três segmentos estão a caminho de exceder o crescimento geral do mercado em 2021. O segmento de software, que inclui aplicativos, infraestrutura e software específico para verticais, terão o maior crescimento em 2021.

“Os governos estão inovando em um ritmo mais rápido ao adotar os produtos disponíveis comercialmente soluções de tecnologia para necessidades operacionais e de missão crítica”, disse Fabular. “Estamos vendo o uso inovador de tecnologia e dados para controlar e responder à pandemia, bem como fornecer assistência financeira e humanitária”.

CIO2503

E-book por:

Como as organizações governamentais continuam a adotar o trabalho remoto e os serviços públicos hiperconectados, os gastos com dispositivos devem crescer 5,6% em 2021, ante um crescimento de 1,6% em 2020 .

“A pandemia de Covid-19 expôs fraquezas na capacidade das organizações governamentais de responder rapidamente, dimensionar e proteger os serviços essenciais”, disse Fabular. “As lições aprendidas com as respostas de organizações governamentais fornecem o ímpeto para aumentar a resiliência e construir um futuro mais sólido para seus cidadãos e empresas”.

Em 2021, os orçamentos governamentais continuarão a atender às necessidades de recuperação e crescimento de comunidades e empresas, segundo o Gartner. Além disso, os investimentos para abordar a equidade digital e acesso a serviços governamentais remotos serão priorizados.

Vai um cookie?

A CIO usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Fechar anúncio

15