Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Salvar Escolher Pasta
Como acelerar a inovação com o uso da metodologia Value Creation Wheel
Home > Tendências

Como acelerar a inovação com o uso da metodologia Value Creation Wheel

A VCW é utilizada por empresas de diversos tamanhos e segmentos econômicos para ajudar a encontrar a decisão mais adequada perante um desafio, um paradoxo, ou uma escolha muito complexa envolvendo os stakeholders

Luís Filipe Lages *

02/02/2018 às 19h28

stakeholder_564270025.jpg
Foto:

A
metodologia Value Creation Wheel (VCW) é uma ferramenta que ajuda os tomadores de
decisão a envolver os vários stakeholders e a escolher entre várias
alternativas. Tipicamente, quando da resolução de um desafio, existem
inúmeras perspectivas, várias opções e imensos critérios de decisão.
Porém, o que acontece é que, perante este paradoxo da escolha, por
norma, as pessoas bloqueiam. Quanto maior o leque de ideias e de
critérios a considerar, mais as pessoas têm dificuldade em escolher. A
VCW foi desenhada para ajudar a encontrar a decisão mais adequada
perante um desafio, um paradoxo, ou uma escolha muito complexa
envolvendo os stakeholders.

A
metodologia é composta por cinco fases. Na primeira fase, utilizam-se
ferramentas para analisar o contexto, definir em conjunto com os
tomadores de decisão qual o desafio/problema resolver e estabelecer os
Key Performance Indicators (KPIs).

Na segunda fase, utilizam-se
diferentes métodos para gerar possíveis ideias/soluções envolvendo os
diferentes stakeholders, internos e externos (fase 2a). Posteriormente,
obtém-se um número significativo de possíveis critérios/filtros para
seleção das melhores ideias.

Na terceira fase, os tomadores de
decisão selecionam as ideias/soluções com mais potencial,
selecionam os critérios/filtros com mais potencial e fazem um
ranking filtros começando dos mais importantes (“must to have”) para os
menos relevantes (“nice to have”).

Na quarta fase, as várias
soluções selecionadas passam através de um funil pelos filtros
escolhidos, resultando na(s) solução(ões) final(is). Essa
solução, por sua vez, é desenhada e prototipada.

Na quinta
fase, decide-se se a solução será implementada ou se retorna para possíveis
aperfeiçoamentos.

VCW tem sido aplicada em empresas dos mais diversos tamanhos e segmentos econômicos, ao longo de
duas décadas, para resolver desafios organizacionais,
assim como na criação de ecossistemas de inovação. A título de exemplo,
pode ser consultado o caso da INCM-Imprensa Nacional Casa da Moeda onde
foi criado um “VCW Ecossystem” que permite resolver diversos desafios
organizacionais.

Vários casos reais de aplicação da VCW podem ser
encontrados em www.ValueCreationWheel.com e www.openVCW.com.

Além
de sua força no ambiente de negócios, a VCW tem sido usada ao redor do
mundo para responder a problemas sociais complexos como:

1 - É possível melhorar a alimentação das crianças na escola? De que forma?
2 - Como ajudar a
encontrar fundos e voluntários qualificados para uma ONG?
3 - Como ajudar
pessoas desempregadas há vários anos a encontrar um emprego alinhado com
os seus desejos?
4 - Como prevenir o cancro do útero e doenças sexualmente
transmissíveis?
5 - Como ajudar uma empresa mineira a gerir uma crise
causada pela contaminação resultante da extração de alumínio?

O
sucesso da VCW na área das organizações sociais tem ocorrido pela
capacidade da ferramenta em juntar diferentes stakeholders
de forma a auxiliá-los na identificação e resolução de seus desafios.
Ela utiliza a cocriação entre vários stakeholders para gerar
ideias/soluções e critérios/filtros, que posteriormente são analisados
pelos tomadores de decisão. É um meta framework, na medida em pode
integrar e/ou complementar diferentes metodologias e ferramentas, não
tendo como objetivo substituir as já existentes.

stakeholder

Em outubro 2017, na “Conferência VCW’17: Inovação e Ciência para o Impacto Social”,
foram apresentados vários desafios sociais resolvidos
recorrendo à VCW. Nesta conferência estiveram presentes mais de 700
participantes, incluindo mais de 70 crianças que aplicaram a VCW na sua
escola e vários diretores de organizações sociais também com vasta
experiência de implementação da VCW nas suas áreas.

Com
todo este retrospecto, o capitulo brasileiro da metodologia (VCW
Brasil) iniciou suas atividades em agosto do ano passado, promovendo uma
agenda de reuniões entre o fundador da metodologia e empresários,
consultores, empreendedores e estudantes que teve como destaque uma
palestra realizada no auditório do Campus Google, em São Paulo. Na
ocasião foi desenvolvida uma dinâmica para demonstração prática de uso
da ferramenta abordando um problema comum às startups: “Como crescer com
baixos custos?

Em
2018 está sendo realizado o 1ºCurso de Certificação Value Creation
Wheel (VCW) no país. A VCW Brasil está trabalhando na formação de uma
equipe de consultores e especialistas para apresentar e auxiliar as
empresas, ONGs e até órgãos do governo brasileiro a utilizarem a metodologia.
A entidade tem como planejamento a realização de workshops, palestras,
seminários e a efetivação de parcerias, especialmente com startups que
auxiliem no esforço de divulgação da ferramenta.

Temos
certeza que podemos ajudar os brasileiros em sua constante busca de
inovação e solução de problemas para uma vida melhor em todas as áreas.

 

(*) Luís Filipe Lages (Cátedra da Nova SBE - Faculdade Economia e
Gestão da Universidade Nova, de Lisboa e Professor Visitante do MIT) é o
criador do Value Creation Wheel  (VCW)

Vai um cookie?

A CIO usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

<

Este anúncio desaparecerá em:

Fechar anúncio

15