Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Salvar Escolher Pasta
Business Process Outsourcing e o futuro das organizações
Home > Tendências

Business Process Outsourcing e o futuro das organizações

Contratação de uma empresa de BPO possibilita que a companhia deixe de lado atividades operacionais e mecânicas, dedicando-se ao seu Core Business

Por Régis Lima*

09/12/2019 às 10h25

Foto: Shutterstock

O ambiente corporativo brasileiro vem sofrendo grandes transformações nos últimos anos. Seja com a chegada de tecnologias disruptivas ou de novos métodos de gestão, por exemplo, a verdade é que o setor empresarial nunca foi tão concorrido e dinâmico.

Diante deste contexto, para atender às exigências do mercado e se permanecer competitivo, é essencial que os gestores busquem pelas melhores estratégias de otimização e desempenho empresarial. Pensando nisso, uma prática que vem ganhando destaque é a contratação de serviços de Business Process Outsourcing (BPO).

Para se ter uma ideia, de acordo com dados levantados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), foi constatado que o mercado tem crescido progressivamente. Somente em 2018, 22% dos profissionais formais eram terceirizados, totalizando US$ 47,8 bilhões em contratos. Para este ano, a estimativa é que o setor cresça 25%, alcançando mais de 4 milhões de profissionais, segundo o Information Services Group (ISG).

Ainda de acordo com o ISG, entre os setores que mais crescem no mercado de BPO estão as áreas de TI e Infraestrutura. Apesar disso, o Outsourcing pode agregar muitas outras áreas de uma empresa, como a Contábil e Fiscal, de Recursos Humano, Logística e Financeira, por exemplo.

CIO2503

E-book por:

Diferenciais competitivos

Contratar empresas de BPO para determinadas áreas de uma corporação certamente pode trazer grandes benefícios e maior competitividade à organização. Isso porque, com a prática, é possível que o gestor e toda sua equipe concentrem maiores esforços e recursos no core business da companhia, deixando as atividades operacionais e mecânicas sob responsabilidade da empresa contratada.

Além de maior desempenho às atividades-fim, é possível que a organização consiga reduzir custos, uma vez que, ao terceirizar alguns setores, ela evita gastos com contratação de profissionais, de equipamentos e softwares, que muitas vezes não conseguem ser integrados aos ERPs já utilizados na empresa.

Com a redução de gastos fixos, é possível que o gestor busque por investimentos em novas tecnologias, bem como possibilite seu time trabalhar com atividades que demandam maior criatividade e senso crítico, ajudando em ações estratégias no dia a dia da empresa. Isso, com toda certeza, possibilitará maior assertividade e otimização, conduzindo a companhia ao sucesso.

Seja assertivo na contratação de uma empresa de BPO

Para finalizar, gostaria de destacar a importância da cautela na hora de escolher uma instituição de BPO. Antes de contratar qualquer serviço, certifique-se de que ela possui credibilidade, profissionalismo e consultoria para os procedimentos implementados. Afinal, é essencial que a empresa tenha toda a estrutura e know-how nas atividades que serão desempenhadas.

Além disso, é imprescindível que a equipe de profissionais seja capacitada e especialista naquela área de atuação, contando com recursos de tecnologias disruptivas e automação em seus processos operacionais.

Por fim, é importante que o gestor estabeleça um acompanhamento contínuo, a fim de analisar quais benefícios aquela contratação tem proporcionado à companhia. Isso possibilitará, inclusive, maior assertividade nas demais áreas da corporação. E então, você está focado no seu negócio ou apenas perdendo tempo e dinheiro com processos que fogem do seu Core Business?

*Régis Lima tem mais de 16 anos de experiência em Gestão de Equipes e atuação em cargos executivos de empresas nacionais e multinacionais do mercado de TI. Atualmente é diretor executivo na Lumen IT, sendo responsável pelas áreas comercial, financeira e de marketing da empresa.

Vai um cookie?

A CIO usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Fechar anúncio

15