Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Salvar Escolher Pasta
As habilidades de open source só ficaram mais em alta durante a pandemia
Home > Tendências

As habilidades de open source só ficaram mais em alta durante a pandemia

Pesquisa mostra demanda por habilidades que visam ajudar as organizações a conduzir estratégias de nuvem e transformação digital

Scott Carey, Infoworld

23/09/2021 às 19h12

Foto: Shutterstock

Mais de 90% dos gerentes de contratação relataram dificuldade em encontrar e reter talentos de open source suficientes neste ano, à medida que a competição por essas habilidades fica mais acirrada. Isso de acordo com o último Open Source Jobs Report da Linux Foundation e edX, que entrevistou 200 gerentes técnicos de contratação e 750 profissionais de open source em todo o mundo.

Como observa o relatório, a adoção da nuvem está em alta após a pandemia, à medida que as organizações retiram o freio de seus planos legados de migração e transformação digital. E até que os robôs assumam o controle, esses planos precisam de pessoas qualificadas para executá-los. O aumento da demanda por essas habilidades está criando uma grande crise de talentos em tecnologia à medida que emergimos da pandemia COVID-19.

Quando se trata de reter o talento existente, 39% das empresas disseram que ofereceram aumentos salariais maiores para sua equipe de open source em comparação com outros departamentos no ano passado, e 38% aumentaram os bônus para a equipe de código aberto em uma tentativa de impedi-los de sair. Apenas 2% dos entrevistados disseram que não tiveram dificuldade em reter seus talentos de open source.

“O talento de open source está em alta demanda, encorajando os profissionais mais experientes a procurar novas oportunidades enquanto os gerentes de contratação batalham pelos candidatos mais desejáveis”, disse o diretor executivo da Linux Foundation, Jim Zemlin, em comunicado.

A lacuna de habilidades de código aberto foi particularmente pronunciada para funções de desenvolvimento e operações de aplicativos nativos da nuvem, onde 46% dos gerentes de contratação estão procurando por essas habilidades, superando as habilidades de desenvolvimento e administração do Linux pela primeira vez nos nove anos de história da pesquisa.

Uma espécie de atalho para a contratação é o surgimento das certificações em nuvem. Dos gerentes entrevistados, 88% disseram que estavam priorizando contratações certificadas e uma porcentagem semelhante pagaria para os funcionários existentes obterem as certificações. Compare isso com apenas 57% dos gerentes em 2020, e o valor das certificações aumentou nitidamente nos últimos anos. Para habilidades de Kubernetes sob demanda, essa tendência foi particularmente pronunciada, com o relatório mostrando que a demanda por certificações de Kubernetes aumentou 455% desde 2019.

O aumento imparável de devops também foi refletido no relatório, onde 88% dos profissionais de código aberto pesquisados ​​disseram que usam algumas práticas de devops em seu trabalho, um aumento de 50% em relação a três anos atrás.

Finalmente, o relatório indica que ainda há muito trabalho a ser feito para tornar a comunidade de código aberto mais diversificada e inclusiva. Quando se trata de contratação, 98% dos empregadores pesquisados ​​disseram que estão encorajando proativamente a diversidade na contratação, contra 88% no ano passado, mas apenas 76% dos funcionários sentem que suas empresas estão tentando contratar uma força de trabalho mais diversificada, marcando uma clara lacuna de percepção dentro das organizações.

Mais preocupante é a descoberta de que 18% dos profissionais de código aberto ainda relatam que foram discriminados ou se sentiram indesejados devido às suas características pessoais, um acréscimo quando aos 11% identificados em 2020 e 8% em 2018.

“Os relatos de atividade discriminatória ou exclusão que mais do que dobraram em três anos podem estar relacionados ao aumento da conscientização e disposição dos indivíduos para falar, ou pode ser parcialmente impulsionado por uma reação contra os movimentos para promover a igualdade nas comunidades marginalizadas. Para continuar o progresso positivo, o setor deve tomar medidas concretas para aumentar a diversidade e se tornar mais receptivo a todos ”, observou o relatório.

Snippets HTML5 default Intervenções CW
Vai um cookie?

A CIO usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Fechar anúncio

15