Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Salvar Escolher Pasta
10 principais conclusões do Microsoft Ignite para CIOs
Home > Tendências

10 principais conclusões do Microsoft Ignite para CIOs

Passaram-se alguns meses desde a última conferência Ignite, mas a Microsoft ainda tinha muito a compartilhar sobre inovações em IA, IoT e comunicação

Peter Sayer, CIO (EUA)

11/03/2021 às 9h40

Foto: Divulgação

A Microsoft deu início à sua conferência de clientes Ignite 2021 em 2 de março com algumas demonstrações impressionantes do Mesh, uma espécie de ambiente de trabalho de realidade mista como o Second Life turbinado, acessível a qualquer pessoa com um headset Hololens 2 de US$ 3.500 e internet de alta velocidade.

Fora dos holofotes, porém, havia outras inovações - no Microsoft Azure, Teams e Power Platform - mais propensas a ajudar a maioria dos CIOs a fornecer ferramentas de computação, colaboração e codificação para uma força de trabalho que ainda está socialmente isolada e cada vez mais socialmente dividida como resultado da pandemia.

Aqui estão 10 dicas importantes do Ignite para CIOs que chamaram nossa atenção.

Pesquisa semântica como serviço

Faça o que eu quero, não o que eu disse: OK, isso pode ser um pequeno exagero, mas é para onde a Microsoft está indo com o novo recurso de pesquisa semântica que está oferecendo aos desenvolvedores uma prévia. Além de suas APIs de pesquisa cognitiva do Azure, a pesquisa semântica promete entregar resultados com base na intenção do usuário, e não nas palavras-chave que eles usaram, graças a um modelo de linguagem natural que a Microsoft construiu.

Modelos como esse serão extremamente valiosos - mas também farão uso intensivo de recursos, disse Nick McQuire, Chefe de Pesquisa Corporativa da empresa de analistas CCS Insight. “Muitas empresas não serão capazes de construir isso por si mesmos”, diz ele, então a Microsoft poder oferecer aos desenvolvedores a busca semântica como um serviço que eles podem integrar em seus próprios aplicativos é significativo.

A Microsoft também está oferecendo às empresas um novo conector para permitir o Azure Cognitive Search a ingerir e explorar seu conteúdo do SharePoint.

Extração de item de linha

Outras APIs de desenvolvedor do Azure também estão recebendo atualizações. O Form Recognizer 2.1 já pode localizar dados em recibos digitalizados para processar despesas. A partir de 15 de março, ele obterá a capacidade de extrair itens de linha individuais de faturas, simplificando o processamento de pagamentos.

O Form Recognizer também aprendeu a extrair nomes, datas de validade e números de documentos de carteiras de motorista e passaportes dos Estados Unidos de todo o mundo, um benefício para a integração do cliente - ou controle de fronteiras.

Computação de missão crítica na nuvem

O Azure está fornecendo suporte adicional para cargas de trabalho em nuvem de missão crítica, adicionando a opção de fazer reservas de capacidade sob demanda com garantias de contrato de nível de serviço (SLA), tornando os conjuntos de dimensionamento mais flexíveis para que os aplicativos continuem em execução sob carga mais alta e adicionando novas VMs que oferecerá suporte a cargas de trabalho com uso intensivo de memória, incluindo em ambientes de host dedicado do Azure de locatário único.

Machine Learning onde você quiser

Quando se trata de treinar ou executar modelos de machine learning, hiperscaladores como a Microsoft tradicionalmente oferecem aos CIOs uma resposta: Faça isso em nossa nuvem. Agora, porém, com seu plano de controle de nuvem híbrida, Azure Arc, a Microsoft está oferecendo às empresas uma maneira de executar cargas de trabalho de ML no local, em um ambiente multicloud ou na borda da rede.

“O que há de novo no Arc e nas integrações com o Azure ML é que a Microsoft está dizendo que você pode usar sua infraestrutura existente”, disse McQuire do CCS.

No outro extremo da escala de machine learning, há também o Azure Percept, um conjunto de modelos de IA pré-construídos, ferramentas de desenvolvimento e hardware de referência para construir sistemas de IA de baixo consumo conectados à nuvem com câmeras e recursos de áudio na borda da rede. É baseado em um modelo de segurança Zero Trust e oferece provisionamento WiFi sem toque.

Nuvens verticais

As nuvens de indústria da Microsoft oferecem ferramentas de automação e analytics personalizadas para mercados verticais específicos - inicialmente telecomunicações, varejo e saúde. Na Ignite, ela expandiu seu conjunto de recursos de nuvem de saúde e cobertura de idioma, e introduziu três novas nuvens de indústria, para serviços financeiros, manufatura e organizações sem fins lucrativos. Se você está em um desses setores, pode descobrir que a Microsoft já fez parte do trabalho de desenvolvimento para você.

As equipes obtêm mais conexões …

Satya Nadella, CEO da Microsoft, espera claramente que os CIOs prestem mais atenção à maneira como o Teams é usado em suas organizações, dizendo que a empresa está construindo-o como “uma camada de organização para todas as formas como trabalhamos”.

Um novo recurso, o Teams Connect, em breve permitirá que as empresas criem e gerenciem canais compartilhados com clientes, fornecedores e outros parceiros nos quais podem ser coautores de documentos e colaborar em aplicativos. Haverá também uma função expandida para o Microsoft Viva: além de fornecer internet corporativa e funções de treinamento, trará aos usuários do Teams as mesmas percepções de bem-estar e produtividade familiares aos usuários do Outlook e, por uma taxa adicional, o Viva Topics fará documentos e conhecimentos mais facilmente pesquisáveis ​​em toda a empresa a partir do Teams.

Com centenas de aplicativos diferentes vinculados ao ambiente Teams, McQuire do CCS Insight disse: “Os riscos são que isso se torne uma coisa extremamente difícil de manejar e a experiência do usuário fique confusa porque há muitas coisas diferentes acontecendo”.

Apesar disso, disse ele, os novos recursos serão atraentes para empresas que desejam consolidar o número de ferramentas de conferência de que dispõem.

Melhores controles de segurança…

No meio do ano, as empresas também serão capazes de controlar em qual datacenter a Microsoft armazena documentos compartilhados por meio do Teams, grupo por grupo ou até mesmo para usuários individuais, tornando-o mais útil em alguns setores regulamentados ou onde há preocupações com a segurança dos dados. Esses controles espelharão aqueles disponíveis para Exchange e SharePoint. Haverá também a opção de fazer chamadas de voz ou vídeo criptografadas ponto a ponto, que os CIOs podem habilitar por funcionário, e limitar a participação em reuniões apenas para participantes convidados. Uma atualização futura pode incluir a adição de reuniões criptografadas de ponta a ponta também.

Para as empresas que estão centralizando seus investimentos nessa colaboração, McQuire disse: “A segurança é indiscutivelmente o critério de seleção número um”.

E novas ferramentas de apresentador

A Microsoft está adicionando novas opções para incorporar apresentações do PowerPoint diretamente no Teams, onde os participantes da reunião podem alternar entre uma apresentação de slides em seu próprio ritmo. Os apresentadores terão novas opções para posicionar sua imagem de vídeo na frente ou ao lado de seus slides e para colocar a galeria dos participantes da reunião no topo da tela, logo abaixo da câmera, para melhorar o contato visual.

“O que realmente se destacou é todo o foco nas ferramentas do apresentador”, disse McQuire.

Mais uma plataforma de desenvolvimento de low code

Como se já não houvesse plataformas de desenvolvimento de low code suficientes por aí, a Microsoft está adicionando sua opinião sobre o gênero, e é baseado em fórmulas do Excel. Power Fx é usado para construir aplicativos de tela em Microsoft Power Apps e está destinado a se tornar a linguagem em toda a Power Platform. A Microsoft disse que os usuários do Excel serão capazes de aproveitar seu conhecimento existente para desenvolver aplicativos com a simplicidade das fórmulas - então, se as planilhas da sua empresa estão todas livres de erros, você não tem nada a temer.

Realidade mista Microsoft Mesh e Azure

Não há como escapar disso, as demonstrações da Microsoft de Mesh, um ambiente colaborativo de realidade mista, foram atraentes, desde a cena submarina criada em colaboração com o público até o final do Cirque-du-Soleil.

Embora houvesse vislumbres ao longo do caminho de alguns aplicativos industriais construídos usando componentes subjacentes do Mesh, renderização remota do Azure e âncoras de objeto do Azure, os CIOs ficaram com muitas dúvidas sobre como eles realmente usariam o Mesh em suas organizações.

Entre eles, disse McQuire, estão: “Como o Mesh vai ajudar as empresas a melhorar sua produtividade?” e “Como funcionará o licenciamento e os custos?”

Ele também destacou a largura de banda como uma preocupação potencial.

O vídeo HD bidirecional em Hololens consome muita largura de banda: a documentação da Microsoft para o Dynamics 365 Remote Assist Hololens, sua solução de “holopresença” existente, diz que “mesmo 4-5 Mbps para cima/baixo não garante chamadas de vídeo 1080p com qualidade total”.

Isso dificultará a vida de muitos usuários remotos que se conectam por DSL e exigirá cobertura sem fio sofisticada em espaços de trabalho lotados, se algum dia voltarmos a eles.

Embora a meta da Microsoft seja um dia dar a impressão de que colegas de trabalho distantes estão virtualmente presentes, os primeiros usuários do Mesh terão que trabalhar ao lado de avatares de seus colegas em desenhos animados fornecidos pelo AltspaceVR como uma forma de limitar as demandas de computação e largura de banda da colaboração de realidade mista.

Snippets HTML5 default Intervenções CW
Vai um cookie?

A CIO usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Fechar anúncio

15