Home > Gestão

Telemetria veicular leva Graber a novos nichos

Empresa quer entrar em gerenciamento de frota com sistema que mede até número de freadas bruscas e envia SMS para motoristas manterem atenção

Marina Pita

08/04/2008 às 11h15

Telemetria veicular_int.jpg
Foto:

A Graber Rastreamento promete revolucionar o mercado com o lançamento de um novo sistema de gerenciamento de frotas, que está chamando de "telemetria veicular". Desenvolvido pela central tecnológica da empresa, o novo sistema que custou R$ 2,5 milhões transcende os sistemas baseados em velocidade e localização e deve ampliar a participação da companhia no mercado de gerenciamento de frotas.

O novo sistema lançado oficialmente hoje permite aos clientes da Graber informações  sofisticadas sobre os veículos como o número de freadas bruscas, tempo em que os motoristas ficam com o pé na embreagem, com que velocidade estão fazendo as curvas, entre outras.

“Será possível fazer todo o envoltório comportamental na hora, via internet. Isso acaba com esse negócio de esperar o ano inteiro para fazer um relatório e só então providenciar mudanças e melhorias,” aponta Marcelo Necho, CEO da Graber.

De acordo com expectativa do executivo, o “WebGraber Telemetria” deve introduzir a empresa em um novo nicho de negócio. “Hoje, o rastreamento serve para as empresas que precisam de segurança. Queremos oferecer um serviço diferenciado para aquelas que não têm tantos problemas de furto e roubo, mas que estão pensando no custo do transporte (incluindo o desgaste físico do carro) e na melhora da dirigibilidade,” aponta o CEO. Segundo ele, uma empresa pode reduzir em até 15% seu gasto com a frota com o apoio do sistema. “Estamos atrás de quem procura uma solução para diagnose e manutenção.”

O dono ou responsável por uma frota pode comodamente sentar-se em frente a um painel e observar os veículos em trânsito. "É possível programar um certo número de infrações que um motorista pode cometer e, quando ele estiver próximo ao limite, a tela mostrará o carro na cor amarela. Quando ultrapassá-lo, o veículo ficará vermelho", explica Necho. 

Nesse ponto, o gestor da frota pode tanto ligar para o motorista; pedir para que a Graber faça o apoio, ou mesmo sincronizar um sistema de mensagens SMS que são enviadas para os motoristas com avisos automaticamente.

De acordo com o executivo, "algumas montadoras estão implantando um sistema muito semelhante, mas que só funciona nos veículos novos e da própria marca."

A empresa que tem hoje 120 mil veículos rastreados pretende, até o final do ano, ter pelo menos dois mil carros com telemetria, de acordo com estimativa de Necho. Segundo ele, a Graber mantém uma média de crescimento de 50% ao ano.

Os equipamentos para o funcionamento do sistema custa mil reais por veículo, e a mensalidade do serviço da Graber fica entre R$ 80 e R$ 120.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail