Home > Tendências

Sua empresa está usando a cloud certa?

Entre todas as nuvens, selecionar a mais alinhada ao seu negócio pode evitar dores de cabeça

Redação

23/04/2019 às 15h14

Foto: Shutterstock

“A cloud é o futuro de todas as empresas que querem armazenar seus dados com segurança.” Você com certeza já ouviu essa frase, porém nunca antes tal colocação fez tanto sentido quanto no atual momento que vivemos. Cada vez mais as empresas têm investido em novas tecnologias para melhorar a performance de suas aplicações e a cloud é uma dentre diversas que existem.

Tudo isso faz parte da quarta fase da revolução industrial, a Indústria 4.0, que se caracteriza por um conjunto de tecnologias que irão permitir a homogeneidade do mundo físico, digital e biológico. Segundo uma recente
pesquisa, realizada pela Confederação Nacional das Indústrias (CNI), entre 2016 e 2018, a taxa de grandes empresas que passaram a utilizar pelo menos uma tecnologia digital passou de 63% para 73% e este número só tende a aumentar nos próximos anos.

Cada vez mais as empresas têm compreendido a importância destes investimentos para o negócio, não só para suas execuções, mas também pelo seu legado. O armazenamento de dados em nuvem (cloud computing), basicamente, é a possibilidade de acessar e armazenar arquivos e programas em máquinas virtuais (virtual machines), tudo completamente online. Este fato é um dos mais determinantes que leva as empresas a investirem nessa tecnologia,
já que o emprego financeiro em servidores e infraestrutura interna não será mais necessário, o que concede à empresa uma economia de capital significante.

Segundo o recente estudo Global CIO 2018, publicado pela Deloitte, 90% dos CIOs (chefes de tecnologia das empresas) confessam que suas organizações já utilizam algum tipo de serviço de cloud. Isso é apenas o começo para uma indústria que crescerá ainda mais, já que na mesma pesquisa foi revelado que até 2021 os gastos com
infraestrutura em nuvem aumente de 22% para 44%.

Porém, existe uma grande diferença entre os tipos de serviços de cloud oferecidos no mercado e, se não estudada previamente, a solução escolhida pode não ser a mais adequada para o negócio, o que acabará por trazer mais dor de cabeça do que solução para a organização. É o que destaca o Chief Product Officer da Winov Cloud, Raul Cesar. “É preciso ter um certo cuidado ao escolher. Um serviço em cloud pública é muito bom para consumir micro serviços, porém para hospedar ambientes e cores de negócios grandes, que demandam customizações, a cloud corporativa leva vantagem na escolha, já que ela é preparada, principalmente infraestruturalmente falando, para trabalhar com esses tipos de segmentos”.

A escolha correta de um serviço de cloud, portanto, deve ser prioridade quando a empresa decidir por esta solução tecnológica. “A escolha errada pode trazer danos a longo prazo para as empresas como falhas contínuas no serviço e até mesmo a perda de dados. Tudo isso pois alguns tipos de cloud não suportam grandes ambientes. Escolher um serviço corporativo é um investimento de saúde para a empresa”, finaliza o executivo.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail