Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Salvar Escolher Pasta
Profissionais de TI registram salários maiores em 2019
Home > Carreira

Profissionais de TI registram salários maiores em 2019

Pesquisa mostra que entre 2018 e 2019 a remuneração aumentou US$ 5 mil

Da Redação

22/01/2020 às 8h00

Foto: Shutterstock

O salário médio anual para profissionais de TI em todo o mundo é de US$ 89.732 - o mais alto já registrado no relatório anual da Global Knowledge. Segundo o estudo, em 2019, esses profissionais ganharam, em média, US$ 5 mil a mais do que em 2018.

Leia mais na IT Trends

Para os especialistas, o motivo para o aumento salarial da TI foi a melhoria de desempenho no trabalho. Com progressos no desenvolvimento profissional, os colaboradores vêm apresentando resultados mais satisfatórios, o que, consequentemente, impulsiona a remuneração.

Globalmente, os maiores salários incluem cloud computing (US$ 115.889), arquitetura e design de TI (US$ 98.580), gerenciamento de projetos (US$ 98.344) e segurança cibernética (US$ 97.322). Apesar disso, os valores variam conforme as regiões.

América do Norte

Em 2019, os profissionais de TI da América do Norte ganharam US$ 109.985 em média, 23% a mais do que a média mundial. Eles também receberam um aumento de 6% no salário e 50% deles receberam bônus. Nos EUA, em particular, os colaboradores receberam salários médios mais altos do que os de qualquer outra região: US$ 113.639. Já no Canadá, o salário médio anual é de US$ 74.048.

CIO2503

E-book por:

As áreas de atuação com maior remuneração na América do Norte incluíram executivos (US$ 148.034), cloud computing (US$ 138.320) e arquitetura e design de TI (US$ 126.095.

América latina

Na América Latina, os profissionais de TI ganharam uma média de US$ 41.465. Vale destacar, no entanto, que os líderes recebem muito mais do que a sua equipe - uma diferença de 44%.

As áreas funcionais com os maiores salários foram executivos (US$ 68.253), cloud computing (US$ 50.480) e gerenciamento de projetos e programas (US$ 48.478).

Europa, Oriente Médio e África

O salário médio para profissionais de TI foram de US$ 70.445. Segundo o relatório, as equipes de TI tiveram um aumento de 6%, enquanto os tomadores de decisão receberam 5% a mais. Na Europa, a Suíça dominou os melhores salários, com uma média de US$ 136.301. A Noruega ficou em segundo lugar, com US$ 97.525, seguida pela Alemanha, com US$ 95.456.

As áreas de função mais bem remuneradas na região foram executivos (US$ 101.523), cloud computing (US$ 99.290) e arquitetura e design de TI (US$ 83.606).

Ásia-Pacífico

Os profissionais de TI da região Ásia-Pacífico faturam, em média, US$ 65.738 por ano. Semelhante à América Latina, a discrepância entre os salários dos tomadores de decisão e da equipe de TI é significativa: 38%. As funções mais bem pagas ficam para os executivos (US$ 108.794), cloud computing (US$ 84.764) e gerenciamento de programas e projetos (US$ 74.608).

Salários mais altos

Conforme apontado pelo levantamento, todas as regiões apresentaram aumento de remuneração em TI. Para os entrevistados, os principais fatores que levaram ao crescimento incluem o seu desempenho atual no emprego (42%), melhoria do padrão da empresa (39%), promoção dentro da empresa (15%) e aumento no custo de vida (15%).

Outro ponto importante relacionado ao impulsionamento dos salários foi o desenvolvimento de novas habilidades (9%). Segundo o relatório, os profissionais que desenvolveram novas habilidades de valor agregado ganharam cerca de US$ 12 mil a mais do que em 2018, indicando que treinamentos e aprimoramentos estão sendo recompensados.

Fonte: TechRepublic

Vai um cookie?

A CIO usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Fechar anúncio

15