Home > Carreira

Profissionais de cibersegurança temem perder seus empregos para automação

Estudo feito nos Estados Unidos e Reino Unido constatou que 51% dos profissionais temem perder suas funções para a inteligência artificial

Da Redação

12/02/2020 às 10h00

Foto: Shutterstock

Os profissionais de segurança de TI acreditam que a automação está reduzindo os níveis de estresse a curto prazo, mas ameaçando a estabilidade dos seus empregos para o futuro.

Uma pesquisa realizada pelo do Ponemon Institute e DomainTools constatou que a maioria das empresas ainda está apresentando dificuldades para encontrar e manter talentos de segurança de TI. Apesar disso, 51% dos profissionais da área afirmam que as automações reduzirão o número de colaboradores do departamento. Além disso 37% dos entrevistados relataram temer a perda das suas funções nos próximos quatro anos.

O estudo, feito com 1.027 profissionais de segurança de TI nos EUA e no Reino Unido, descobriu que as equipes de segurança menores se sentem beneficiadas com ajuda na triagem da crescente quantidade de alertas diários. Setenta e quatro por cento dos entrevistados disseram que a automação permite que a equipe se concentre em vulnerabilidades mais graves e na segurança geral da rede.

No entanto, James Litton, CEO e cofundador da Identity Automation, em entrevista ao Tech Repulic que a inteligência artificial e o aprendizado de máquina não estão prontos para assumir a maioria das tarefas de segurança. "Em termos de tomada de decisão séria, a IA não está nem perto de poder assumir o papel de tomar boas decisões para os negócios, explicou. Conforme os dados relatados na pesquisa, 54% dos entrevistados concordaram, afirmando que a automação nunca substituirá a intuição humana e a experiência prática.

CIO2503

E-book por:

Para Litton, a melhor aplicação que para IA e aprendizado de máquina é a melhora da autenticação com base nos hábitos do usuário. Um algoritmo pode monitorar o comportamento de um indivíduo e sinalizar ações que se afastam da rotina. "Se um usuário normalmente não acessa as finanças da Oracle no meio do mês, e você vê isso acontecer, isso pode levar a um sinal vermelho para autenticação adicional", acrescentou.

Benefícios

A pesquisa também avaliou os prós e contras da automação na visão dos profissionais de TI, bem como quais soluções estão sendo utilizadas para proteger os ativos da empresa. Sessenta por cento dos entrevistados acreditam que a automação está ajudando a reduzir o estresse na equipe de segurança. Entre os benefícios se destacam a otimização de identificação de ameaças, aumento da produtividade e melhoria na tomada de decisões.

Já entre as desvantagens citadas, os entrevistados relataram acreditar que a automação reduzirá o número de funcionários da equipe de segurança de TI em 51%, ante 30% no levantamento de 2019. Além disso, menos participantes concordaram com a ideia de que a automação aumentará a necessidade de contratar talentos com habilidades técnicas mais avançadas - 43% em 2019, em comparação com 35% em 2020.

Outra descoberta do levantamento mostra que 50% dos profissionais pesquisados pensam que a automação tornará os trabalhos mais complexos. No entanto, 74% afirmaram que as automações não são capazes de executar certas tarefas que os humanos dominam. Sobre o assunto, 45% dos participantes disseram que a automação não é capaz de detectar certas ameaças, o que pode auxiliar na sua manutenção no mercado de trabalho.

Tags
Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail