Home > Carreira

Por que a linguagem de programação Rust está em ascensão?

A mesma linguagem conhecida por ser difícil é a mesma tão amada pela sua comunidade

Matt Asay, Infoworld (EUA)

06/11/2019 às 19h45

Foto: Shutterstock

Provavelmente você nunca escreveu nada em Rust, a linguagem de programação de código aberto desenvolvida pelo criador do Mozilla, mas é quase certo que você a utilizará em algum momento. Os desenvolvedores coroaram a Rust como a sua linguagem “mais amada”, segundo a pesquisa de desenvolvedores Stack Overflow 2019. Já os rankings semestrais da Redmonk mostram a Rust 21º lugar.

Seja como for, por que uma linguagem conhecida por ter certo nível de dificuldade para se aprender é tão amada? Em conversas com desenvolvedores, parece que a resposta se resume à ideia de que a Rust está “programando sistemas com guard rails”, como descreve o CTO da Oso Sam Scott. Um desses aspectos é a comunidade excepcionalmente acolhedora.

Programação de sistemas com guard rails

A maioria dos desenvolvedores normalmente não viaja para o território de programação de sistemas. Os desenvolvedores de aplicativos, por exemplo, tendem a não precisar se aproximar do hardware subjacente. Eles também provavelmente não precisam criar plataformas nas quais outros softwares serão executados, um elemento de definição central da programação de sistemas.

Para os desenvolvedores que trabalham com linguagens de programação de nível inferior, como C ou C++, a Rust é uma revelação, algo que eu cobri pela primeira vez em 2015. Com o avanço rápido de alguns anos, a Rust está cada vez melhor.

Solicitado a detalhar os principais benefícios da Rust, o desenvolvedor David Barsky afirmou o seguinte:

Desempenho. A Rust pode substituir a C/C++ nos espaços em que elas costumavam prosperar. Por exemplo, para serviços de rede sensíveis à latência. O tempo de execução do Rust resulta em latências quase inexistentes.
Confiável. Seu sistema evita classes inteiras de bugs que são aceitos como "normais" em Python, Java e C++.

Produtividade do desenvolvedor. A ferramenta de construção e o gerenciador de pacotes é um dos melhores sistemas já usados por Barsky. A Rust também vem com excelente documentação interna e ótimos testes de unidade e integração.

A experiência de Barsky parece semelhante à de Scott. Vindo de linguagens de programação de nível superior (Java, Ruby on Rails), Scott diz que sua experiência com C foi menos do que agradável: “C foi horrível porque eu estava constantemente enfrentando problemas de memória, segfaults, etc. E parecia que eu estava lutando com o código o tempo todo."

Já sobre a Rust, Scott afirma que trabalhou de forma muito simples para tornar o código seguro. "Ela ofereceu muitos aspectos familiares da programação funcional e orientada a objetos, e simplesmente parecia se encaixar no meu modelo mental de como eu queria construir sistemas."

Como cofundador da Oso, Scott não conseguiu evitar a programação de nível inferior. A empresa, com a missão de tornar a segurança da infraestrutura de back-end invisível para desenvolvedores e simples para operações, "precisa do desempenho que uma linguagem no nível de sistemas oferece".

Tudo parece ótimo, até voltarmos ao problema de encontrar talentos bem versados ​​em uma linguagem relativamente nova. Apesar disso, os profissionais acessíveis podem ser a melhor característica de Rust.

Procuram-se programadores Rust

Um componente fundamental para aprender algo novo é contar com pessoas dispostas a ajudar na transição. E nisso a Rust brilha. Como Barsky afirma, "a comunidade Rust está cheia de pessoas apaixonadas, gentis e inteligentes. Possui um código de conduta fortemente aplicado, o que significa que comportamento rude ou hostil não é tolerado. Curiosamente, ela tem algumas das maiores concentrações de pessoas LGBTQA que eu já vi em qualquer comunidade de tecnologia".

Essa comunidade é um grande motivo pelo qual, de acordo com Scott, os desenvolvedores podem aprender Rust em alguns meses. Não é de se admirar, então, que tantos desenvolvedores gostem da linguagem. A vantagem é grande e a desvantagem é minimizada pela comunidade acolhedora e inclusiva.

 

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail