Home > Gestão

Por que a confiança digital é um driver econômico chave para as empresas?

Apenas organizações que obtêm sucesso na proteção de seus dados podem gerar um nível positivo de confiança necessário para a Transformação Digital

Jeff Xie e Simon Piff, Cio/EUA

11/03/2019 às 7h55

Foto: Shutterstock

Estamos vivendo em um mundo hiperconectado, com a tecnologia sustentando muitos aspectos da vida contemporânea. E Transformação Digital (DX) só irá acelerar a adoção e implementação de uma gama de novas tecnologias.

Para integrar recursos sofisticados à vida digital, grandes volumes de informações são coletados. Ao permitir que a tecnologia colete informações pessoais e as envie para provedores de serviços em troca de uma melhor experiência do usuário, os consumidores estão inerentemente depositando sua confiança nas organizações e assumindo, ou esperando, que elas sejam cuidadosamente manuseadas e protegidas.

Os governos também estão criando e melhorando as estruturas de privacidade na tentativa de impor uma obrigação legal aos proprietários ou manipuladores de dados pessoais em termos de proteção dessas informações.

As empresas bem-sucedidas ou que realizam um esforço extra para proteger os dados que possuem geram um nível positivo de confiança digital.

O relatório Confiança Digital: Fator-chave para a transformação digital, da IDC, aponta a correlação de confiança com a atividade econômica através do comportamento do Produto Interno Bruto (PIB). Além disso, tem havido muitos relatórios nas últimas décadas cobrindo o impacto positivo da confiança nos negócios e na economia em geral.

A IDC define a Confiança Digital como a permissão para a tomada de decisão entre duas ou mais entidades que reflita seu nível de confiança uma na outra; essas decisões são baseadas nos níveis de reputação e garantia digital de cada entidade fornecidos pelos programas de segurança cibernética de cada entidade para uma atividade digital proposta.

[Em tempo: De acordo com o Digital Society Index 2018, a confiança é o principal fator na garantia do envolvimento digital, uma vez que a segurança na internet tem sido alvo de diversas discussões globalmente. Para gerar valor e acelerar o crescimento, todos os executivos C-level devem estar engajados, em conjunto com suas equipes, para construir confiança em quatro áreas principais: clientes, parceiros, tecnologia e funcionários.]

Medição de confiança digital
Reconhecendo a importância da confiança digital, a IDC criou uma estrutura, em quatro níveis, para ajudar as organizações a quantificar a quantidade de confiança percebida.

Nível 1 - Risco interno de TI, abordando as atividades internas e tradicionais de segurança cibernética e as atividades de gerenciamento de riscos de uma organização

Nível 2 - Risco de recursos de TI compartilhados abordando o risco gerenciado dos recursos técnicos compartilhados para a atividade digital

Nível 3 - Reputação de atividade digital que trata da qualidade da reputação de uma organização no fornecimento ou no desempenho de alguma atividade digital específica

Nível 4 - Reputação da organização que aborda a qualidade da reputação geral de uma organização em todas as suas atividades digitais e, geralmente, todas as ações públicas

Os quatro níveis definem o nível de confiança que se pode perceber quando se olha para a confiabilidade de uma organização. Variando para lidar e tratar do risco interno, para o outro extremo da escala onde a organização trata de preocupações relacionadas a opiniões públicas.

Confiança Digital na Ásia-Pacífico
Em novembro de 2018, a IDC publicou o documento The Digital Trust Index: Executivos da Ásia / Pacífico (excluindo o Japão) avaliam a confiabilidade digital de instituições e entidades on-line.

Os resultados da pesquisa mostram que a maioria das organizações na região tem uma percepção de confiança positiva em relação à sua própria organização, embora a pontuação seja baixa. Além disso, toda a confiança em outras entidades e instituições online resultou em uma classificação negativa.

Para ser justo, os respondentes da amostra são aqueles encarregados da tomada de decisões de segurança de TI e, como tal, são um grupo avesso ao risco, portanto, é possível que esses números sejam inferiores a uma seção transversal mais ampla de tomadores de decisão ou consumidores em geral. No entanto, esse também é o grupo que provavelmente considera a confiança com mais freqüência.

Olhando para os resultados na região Ásia-Pacífico, podemos dizer que a percepção da confiança digital em relação a instituições online e outras organizações geralmente está voltada para o lado negativo da escala.

Considerando o fato de que existem atores populares no espaço tecnológico, esse resultado mostra que o nível de confiança é baixo mesmo com instituições online respeitáveis.

Os resultados também indicam como algumas indústrias podem tolerar um nível mais baixo de confiança em comparação com outras. Espera-se que infraestruturas críticas como as de governo, indústria de serviços financeiros e setor de saúde sejam protegidas. Isso cria uma percepção de confiança digital ligeiramente diferente quando olhamos para essas organizações, porque elas devem ser seguras.

A confiança digital também está ligada ao desempenho das organizações. Um nível mais alto de confiança digital percebida se traduz em melhor desempenho e que a organização está fazendo algo certo ao gosto dos consumidores.

O que pode ser feito para aumentar a confiança digital?
Atualmente, a confiança digital é um campo de atuação bastante nivelado para as organizações, já que a percepção da confiança é baixa em toda a escala. As organizações que puderem capitalizar em relação ao seu nível de confiança o quanto antes terão melhores condições de obter vantagem competitiva. Ignorar essa questão provavelmente terá um custo para os negócios ao longo do tempo.

Comece identificando os fatores que causam queda no nível de confiança. Faça perguntas para descobrir por que as organizações têm um nível tão baixo de confiança em relação a todas as outras do mercado.

Analise a segurança e determine como a segurança é considerada segura para seus clientes. Segurança e confiança tendem a entrar em linha, já que fornecer um nível confortável de segurança aos seus clientes gerará a segurança digital e, portanto, maior confiança.

Também deve ser de igual importância gerar confiança entre sua empresa e seus parceiros de negócios. Nesta era de Transformação Digital, os ecossistemas estão se tornando muito mais críticos para a competição do que nunca, então a falta de confiança em todo ecossistema provavelmente se manifestará em uma série de obstáculos para o sucesso. Entenda porque esse nível de confiança é muito menor e considere como ele pode ser melhorado.

Como somos todos parceiros de negócios de alguém, o que estamos fazendo leva nossos parceiros a perceber que temos um nível de confiança mais baixo, nos obrigando a nos concentramos em abordar isso como uma prioridade.

Se você tiver alguma dúvida, sinta-se à vontade para entrar em contato conosco em jeffxie@idc.com ou spiff@idc.com

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail