Home > Tendências

Problemas de segurança x terceirização

Consultoria aponta que a terceirização na codificação de programas é o novo bode expiatório para o crescimento das brechas

Techworld

08/04/2008 às 11h15

Foto:

De acordo com a consultoria Quocirca, que ouviu 250 diretores de TI e executivos nos EUA, Reino Unido e Alemanha, 90% das organizações que admitiram serem vítimas de ataques digitais revelaram ter terceirizado mais de 40% do desenvolvimento de suas aplicações para terceiros.

A pesquisa foi patrocinada pela Fortify Software.

Na pressa das empresas clientes em aproveitar a velocidade e conveniência da terceirização, sem falar dos baixos custos, a segurança acabou deixada de lado.

Para 60% dos entrevistados, segurança não é um critério mandatório no desenvolvimento do software, enquanto 20% deles revelaram que falharam em criar qualquer segurança em aplicações terceirizadas.

O relatório afirma que esse comportamento arriscado deve-se a um entendimento incompleto do que é realmente o mundo da Web 2.0, além de apressar o desenvolvimento para que as aplicações entrem na arquitetura orientada a serviços (SOA).

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail