Home > Gestão

Para os Millennials, a nova realidade do escritório é trabalhar fora dele

Com os millennials tornando-se a maior força de trabalho global, as empresas se prepararam para a realidade OneLife, na qual vida profissional, vida pessoal e entretenimento convergem

por HP

20/06/2018 às 11h22

milennials_foto_texto1.jpg
Foto:

milennials_foto_texto1

 

Até 2025, os representantes
da geração millennials (pessoas nascidas entre 1980 e 2000) serão 75% da força
de trabalho global. Eles são historicamente a geração mais experiente em
tecnologia, e sua preferência por usar dispositivos digitais conectados em
todos os aspectos de suas vidas pessoais e profissionais influencia a forma
como os locais de trabalho (workplace) se organizam e como são planejados para
o futuro.

Por causa dos
millennials e seus hábitos digitais, a frase “ir para o trabalho” ganhou um
significado totalmente diferente do que tinha há dez anos. De fato, “ir
trabalhar” cada vez menos quer dizer movimentar-se para um local específico e,
cada vez mais, realizar tarefas, cumprir objetivos, completar projetos, atender
pessoas e interagir com colegas, independente da localização geográfica de
todos os envolvidos.

A falta de interesse
pelos escritórios fechados e horários rígidos de trabalho é marca dos millennials.
Eles buscam ambientes flexíveis mais compatíveis com produtividade,
colaboração, inovação e engajamento, segundo uma pesquisa global da Deloitte. E
preferem empregadores que reconhecem e aceitam que vida profissional, vida
pessoal e lazer convergem para uma vida única e os limites estritos entre eles
deixam de existir.

“Em outras palavras,
não temos mais uma vida profissional inteiramente distinta da vida doméstica. Em
vez disso, temos OneLife (Uma Vida) E
queremos trabalhar da maneira que vivemos”, comenta Bruno Ortolani, gerente de
produtos da HP

“OneLife é o conceito da HP que orienta como pensamos, projetamos e entregamos novos
produtos poderosos para esse novo profissional
”, explica Ortolani. No
conceito dos produtos OneLife, mobilidade
é essencial e conectividade é obrigatória. Um dispositivo deve ser poderoso para
processar planilhas, fazer videoconferência, reproduzir música com qualidade e
permitir jogos extraordinários. Tudo
com segurança
.

O escritório sumiu

Os millennials querem
flexibilidade para trabalhar de casa, no sofá, ou do café da esquina, cercados
de tecnologias que lhes permitam comunicar-se com qualquer pessoa virtualmente.
Com o grupo dos millennials assumindo a maioria e deixando cada vez mais de ser
representado por jovens inexperientes – os nascidos em 1980, por exemplo, estão
a caminho dos 40 anos e em carreiras sênior – torna-se mandatório para as
empresas ser atraentes para esses profissionais.

A pesquisa global da
Delloite ouviu de 85% dos millennials entrevistados que seus empregadores
oferecem algum tipo de arranjo flexível de trabalho remoto e que a arquitetura dos
escritórios também mudou. As empresas adotam cada vez mais ambientes
interativos, que favorecem a produtividade individual e facilitam as reuniões
de grupos virtuais por meio de videoconferência, por exemplo.

Tecnologias inovadoras

A oferta de
tecnologias móveis inovadoras e poderosas é mandatório para facilitar para os
funcionários se conectarem e colaborarem, não importa onde estejam, a qualquer
momento. E o entendimento de que tais dispositivos serão usados igualmente na
vida pessoal e profissional também é importante. Muitas empresas perdem grandes
profissionais por oferecer tecnologias no trabalho tecnologicamente inferiores
às que eles ou elas possuem para seu uso pessoal em casa.

Millennials usam uma
média de três dispositivos diferentes ao longo de sua rotina diária, segundo o
Gartner. Eles não apenas dependem de vários dispositivos, mas também se movem
rotineiramente entre dispositivos ao longo do processo de conclusão de um único
projeto. Por exemplo, podem iniciar o trabalho em um smartphone e, em seguida,
redirecioná-lo para um laptop ou desktop para os últimos retoques ou edições
finais.

Segurança é fundamental

Embora o espaço de
trabalho (remoto ou no escritório) conectado tenha seus benefícios, também
apresenta desafios do ponto de vista da segurança
. Afinal de contas,
tudo está online, e o número de ataques contra dispositivos endpoint subiu
constantemente nos últimos anos. Como resultado, mais organizações estão
investindo em PCs, laptops e impressoras
de rede com recursos avançados de segurança embutidos
, em vez de
depender exclusivamente de proteções de software.

Em uma pesquisa metade
de todos os gerentes de TI ouvidos disse que a segurança é o maior desafio que
enfrentam hoje. Ao enfatizar soluções seguras que promovem a colaboração, todas
as empresas acabarão se beneficiando da nova maneira pela qual as pessoas estão
trabalhando.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail