Home > Gestão

Os talentos em tecnologia que você busca podem estar debaixo do seu nariz

CIOs devem olhar para dentro da própria companhia para qualificar mão de obra; Aqui damos dicas de como melhor fazer isso

Steve Trautman, CIO.com

04/07/2019 às 17h19

Foto: Shutterstock

Um dos assuntos de maior destaque no mundo corporativo é o de gestão de talentos e o futuro da força de trabalho de TI. Os especialistas afirmam que, antes de contratar novos colaboradores, os CIOs devem olhar para dentro da própria companhia, já que há escassez de mão de obra qualificada na área.

Os analistas recomendam evitar a rotatividade, já que os profissionais de hoje estarão prontos para enfrentar desafios complexos no futuro. Para isso, CIOs e outros líderes devem investir no repasse de conhecimentos e habilidades, melhorando as competências dos colaboradores.

Como fazer?

Para o Gartner, cada cargo deve ser identificado e minuciosamente detalhado, incluindo as competências que a função exige. Adaptabilidade, determinação, perspicácia nos negócios e conhecimento político, por exemplo, dão uma base sólida para que a companhia planeje suas estratégias para o futuro. Além de características pessoas, também devem ser determinadas as competências técnicas, como monitoramento de infraestrutura, blockchain, análise de dados, etc.

Escolher um expert

Depois de todo o detalhamento, o CIO deve escolher um membro da equipe que cumpra todos os requisitos para ser um modelo para os demais. Nessa etapa, muitos CIOs percebem que esse profissional ideal não existe na equipe ou que seu trabalho de detalhamento de competências não foi bem feito. Em outros casos, há o especialista para ser o modelo, e então a equipe sabe, finalmente, o que deve aprender para ser bem sucedida.

Instruir o expert

Em seguida, o CIO deve instruir o expert escolhido com o detalhamento das necessidades do negócio, incluindo as tarefas que devem ser feitas e as expectativas para o futuro. Todas as informações devem ser repassadas para que o "profissional modelo" saiba exatamente o que é esperado para o desempenho da companhia a curto, médio e longo prazo.

Repassar conhecimento

Com o "profissional modelo" munido de informações, é hora de repassar conhecimento por meio de treinamentos. O plano de repasse de conhecimento deve incluir métricas que validem o aprendizado dos alunos.

Medir, recompensar e repetir

Para garantir que o repasse de conhecimento esteja sendo feito da forma correta, é fundamental que o CIO acompanhe os especialistas, ou profissionais modelo, e receba feedback dos alunos. Para isso, é importante checar se todos têm clareza sobre os procedimentos. Medir o progresso, agradecer a participação e monitorar os resultados também aparece como ponto imprescindível para manter a equipe focada e motivada.

Cada empresa deve estar atenta sobre sua preparação para o futuro. Criar planos de estímulo de talentos nas equipes faz com que os profissionais adquiram novas habilidades e se preparem para assumir a liderança quando for necessário. Investir em membros da organização poupa tempo e dinheiro e ajuda a estabelecer uma base para que a organização continue a prosperar enquanto o mundo corporativo continua a evoluir.

 

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail