Home > Tendências

Os 12 cargos de TI mais difíceis de serem preenchidos nas empresas

Pesquisa State of the CIO 2020 revela que as organizações lutam para preencher as funções de cibersegurança, ciência de dados e IA

Sharon Florentine, CIO (EUA)

24/02/2020 às 9h00

os talentos mais requisitados em TI
Foto: Shutterstock

Com a chegada de uma nova década, os CIOs estão assumindo maior responsabilidade por tarefas estratégicas de negócios, incluindo aquelas relacionadas à segurança cibernética, ciência e análise de dados e aprendizado de máquina e inteligência artificial. Com essa maior responsabilidade, surgem desafios operacionais - incluindo o recrutamento e a contratação de talentos com as competências necessárias para avançar nas iniciativas estratégicas.

A pesquisa da CIO (EUA), que entrevistou 679 diretores de TI e 250 líderes de TI de linha de negócios, revelou que aumentar a eficiência operacional e melhorar a experiência do cliente são as iniciativas mais importantes que impulsionarão o investimento em TI neste ano. Essas prioridades foram citadas por 37% e 35% dos líderes de TI, respectivamente. Aumentar as proteções de segurança cibernética (33%), transformar os processos de negócios (30%) e melhorar a lucratividade (24%) também integram a lista de prioridades.

Essas mudanças estão ditando novas demandas por talentos. O que permanece o mesmo, no entanto, é que a competição por profissionais qualificados continua aumentando, principalmente em áreas como cibersegurança, segundo John McKnight, vice-presidente executivo de serviços de pesquisa do Enterprise Strategy Group.

Embora a ciência e a análise de dados permaneçam escassas, as habilidades em cibersegurança ocuparam o primeiro lugar na pesquisa deste ano, com 39% dos líderes de TI prevendo dificuldade em encontrar talentos neste ano, ante 33% em 2019. Outras mudanças notáveis: o design thinking, o DevOps e as habilidades ágeis são todos percebidos como desafios crescentes para contratação no próximo ano, em parte por conta da abordagem de concentração em produto e cliente.

CIO2503

E-book por:

Confira as 12 áreas que serão mais desafiadoras para encontrar talentos em 2020:

  • Cibersegurança: 39%
  • Ciência de dados / análise: 35%
  • IA / aprendizado de máquina / RPA: 31%
  • Serviços / integração em nuvem: 18%
  • Tecnologias herdadas: 18%
  • DevOps / DevSecOps / processos ágeis: 17%
  • Internet das coisas: 17%
  • Arquitetura em nuvem: 16%
  • Design thinking / UX: 16%
  • Engenharia de software: 15%
  • Desenvolvimento de aplicativos: 15%
  • Gerenciamento multi cloud: 15%

A importância da flexibilidade e da experiência dos funcionários

A segurança continua sendo uma prioridade crítica para os CIOs, ressalta Meerah Rajavel, CIO da Citrix. Isso ocorre porque, em um mundo de nuvens híbridas, trabalho remoto, BYOD e outras tecnologias que ampliam os limites da rede de uma empresa, são necessários mais recursos para garantir que as redes, dados e ativos permaneçam protegidos.

"É difícil encontrar candidatos de alta qualidade nas áreas de segurança, design thinking e experiência do usuário, ciência de dados e análise", diz Rajavel. “Quando se trata de design thinking, o paradigma está mudando do pensamento centrado no usuário para o pensamento humano mais máquina. Isso requer que os designers sejam versados ​​com as construções da possibilidade de inteligência artificial e aprendizado de máquina e análise, além da experiência do usuário em seu processo de design de fluxo de trabalho. E essa é uma habilidade que não está amplamente disponível.”

Para ajudar a preencher essas funções, a Citrix tem procurado além dos principais centros de tecnologia e está permitindo um trabalho mais flexível e remoto, segundo Rajavel, além de oferecer salários e benefícios competitivos e uma cultura positiva e diversificada.

“Analisamos a experiência dos funcionários como todas as interações que ele mantém com a empresa durante toda a sua carreira conosco - a partir do momento em que se interessa por uma função. Nós nos esforçamos para criar um ambiente positivo onde as pessoas possam estar e fazer o seu melhor”, acrescenta.

Encontrar 'agentes livres'

A NTT Data Services também está sentindo o aperto quando se trata de habilidades de segurança. Mas a empresa de gerenciamento de serviços de TI também está encontrando dificuldades para obter talentos em experiência do cliente.

"A segurança é incrivelmente desafiadora para empresas globais por conta das complexidades e diferentes regulamentos", explica o CIO Barry Shurkey.

Para ajudar a preencher essas funções, a NTT Data Services está olhando para dentro, trabalhando com um aplicativo que permite que os funcionários descubram oportunidades em toda a empresa e se candidatem para essas funções. Tudo faz parte de um esforço para ajudar a promover talentos já existentes.

O poder da inclusão e do aumento de qualificação

Cientistas de dados, engenheiros de dados, profissionais de segurança e desenvolvedores são as funções mais desafiadoras para James McGlennon, vice-presidente executivo e CIO do Liberty Mutual Insurance Group.

O ditado de que "toda empresa é uma empresa de tecnologia" significa que as funções técnicas são consideradas mais críticas do que nunca, apesar da falta de talento. Com uma concorrência tão acirrada por recursos limitados, McGlennon está se concentrando no recrutamento e contratação de uma ampla variedade de experiências e perspectivas para ajudar a preencher essas posições. E ele está apoiando essa abordagem, oferecendo amplas oportunidades de aprimoramento e capacitação.

“Não consigo pensar em um único aspecto de nossos negócios em que a tecnologia não esteja se tornando o principal mecanismo de crescimento, e nosso pessoal é essencial para entendermos nossos clientes, fornecermos um melhor serviço e competirmos.”

McGlennon acredita que atrair candidatos com uma ampla gama de experiências e perspectivas pode criar um ambiente de trabalho aberto e inclusivo - o que é necessário para obter sucesso nos próximos anos.

Para preencher as lacunas de competências, o Liberty Mutual oferece uma variedade de programas, incluindo módulos de aprendizado on-line, conferências e reuniões, aprendizado em sala de aula e opções imersivas para aperfeiçoamento. Além disso, a companhia patrocina e participa de diversas conferências e eventos de TI para se conectar e recrutar talentos em potencial.

Aliviando a pressão com a tecnologia

Na BMC Software, o CIO Scott Crowder está usando a automação para ajudar a aliviar a pressão para preencher determinadas funções de TI, especialmente na área de big data e ciência de dados.

"Estamos tentando desenvolver e usar nossas plataformas de tecnologia e serviços para minimizar a necessidade desses tipos de funções", revela Crowder. "Com os recursos em constante evolução ​​e o aumento do uso da tecnologia para criar, analisar e visualizar esses modelos de dados, isso nos dá uma margem para lidar com as dificuldades pela falta de talentos com essas habilidades."

Embora Crowder reconheça a necessidade de os seres humanos interpretarem e coletarem dados, é possível ajudar os profissionais, "desviando parte do trabalho para a tecnologia", especialmente onde a automação pode ser implantada.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail