Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Salvar Escolher Pasta
Oracle mira em analytics da força de trabalho com a nova oferta HCM
Home > Notícias

Oracle mira em analytics da força de trabalho com a nova oferta HCM

Oracle Analytics for Cloud HCM oferece recursos de analytics de autoatendimento para executivos de RH, analistas e líderes de linha de negócios

Thor Olavsrud, CIO (EUA)

14/05/2020 às 17h14

Foto: Shutterstock

Com o objetivo de ajudar as organizações a obter informações a partir da analytics da força de trabalho, a Oracle divulgou nesta semana o Oracle Analytics for Cloud HCM.

"As empresas têm muitas analytics que desejam fazer sobre seus funcionários e suas finanças, e normalmente para fazer isso eles movem seus dados para a esquerda e para a direita, pois não estão integrados aos aplicativos de back-office", diz Bruno Aziza, Vice-Presidente de Grupo de IA e Data Analytics Cloud da Oracle.

O Oracle Analytics para Cloud HCM é a resposta da Oracle. Seus recursos de analytics de autoatendimento têm como objetivo fornecer aos executivos de RH, analistas e líderes de linha de negócios informações sobre a composição da força de trabalho, desempenho do gerente, extensão do controle, diversidade, rotatividade/retenção, análise da taxa de comparação e análise dos principais talentos. A oferta, parte do pacote Oracle Analytics for Fusion Applications, destina-se a trabalhar em conjunto com o Oracle Cloud ERP, fornecendo informações sobre uma ampla variedade de funções de back-office.

"Há muito trabalho que esse pessoal de RH precisa fazer para trabalhar com nossos dados e estamos dando a eles uma solução pronta para uso que apenas fornece conteúdo pré-empacotado e funciona com ERP", diz Aziza.

CIO2503

E-book por:

Segundo o Gartner, atualmente apenas 21% dos líderes de RH acreditam que suas organizações são eficazes no uso de analytics de talentos para fundamentar decisões de negócios. A empresa de pesquisa e consultoria diz que 70% das organizações esperam gastar mais em análise de talentos nos próximos anos.

Antes da pandemia de coronavírus, o analytics da força de trabalho era responsável por cerca de US$ 600 milhões anualmente em gastos com software em todo o mundo, de acordo com a IDC.

"Sem dúvida, os gastos anuais provavelmente cairão para 2020, mas ainda não temos números", diz Lisa Rowan, Vice-Presidente de Pesquisa, RH, Talento e Estratégias de Aprendizado da IDC.

Atualmente, a maioria dos analytics da força de trabalho vem de recursos incorporados nos próprios aplicativos de gerenciamento de capital humano. Rowan aponta para os melhores players, como Visier e Qualtrics, além de recursos incorporados de representantes como Workday e Cornerstone.

Analytics no trabalho

O Oracle Analytics para Cloud HCM apresenta um modelo de dados multifuncional que fica dentro do Oracle Autonomous Data Warehouse. Uma biblioteca de KPIs e painéis oferece mais de 50 KPIs de RH, painéis e relatórios para métricas de RH. Alguns dos KPIs pré-criados incluem:

  • Dados demográficos da força de trabalho, extensão do controle e status de contratação e promoção;
  • Rotatividade (voluntária e involuntária) e retenção;
  • Estatísticas e tendências da diversidade;
  • Tendências e índices de remuneração;
  • Índice de desempenho de talento.

"Imagine o cenário em que você tem alguns dados financeiros que indicam que você tem problemas de P&L", diz Aziza. "A origem desse problema está relacionada ao desempenho dos seus melhores desempenhos e há algum treinamento que pode melhorá-los. Todo o fluxo de trabalho pode ser executado no Oracle Analytics, até o retorno ao aplicativo e a inserção dessas pessoas no treinamento ficar melhor".

Por fim, a Oracle vê a nova oferta promovendo uma colaboração mais estreita entre o RH e outras unidades de negócios importantes, como finanças. Embora as analytics de vendas e marketing tenham recebido muita atenção nas últimas décadas, os departamentos de RH e financeiro precisam de insights analíticos da mesma maneira, mas não foram bem servidos, diz Aziza.

"Há muita demanda em analytics de vendas, mas a demanda crítica aos negócios, onde as pessoas estão no escuro, geralmente é financeira e de RH", diz Aziza. "Esse é o oxigênio de uma organização".

Essas duas áreas também têm preocupações com dados exclusivos. Os dados dos funcionários, por exemplo, precisam ser mantidos em um ambiente altamente seguro, enquanto os dados financeiros devem ser precisos. A medida também ressalta o foco contínuo da Oracle nos principais domínios de seus aplicativos, que incluem operações financeiras, vendas e RH. Aziza diz que a analytics também pode ser executada em dados gerados por aplicativos não Oracle executados no Oracle Autonomous Database, integrando e conectando analytics aos fluxos de trabalho do aplicativo.

“A integração com outros aplicativos operacionais é fundamental. Normalmente, é fundamental que a plataforma de analytics da força de trabalho seja totalmente integrada ao sistema financeiro e aos sistemas de vendas. Por exemplo, para entender o desempenho das vendas pelo vendedor, você precisa integrar a ferramenta de analytics à ferramenta de vendas”, diz Rowan da IDC.

Tags
Vai um cookie?

A CIO usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Fechar anúncio

15