Home > Tendências

Nuvem híbrida liderará estratégias para 2020, aponta Red Hat

Inteligência artificial e machine learning também fazem parte do plano de aceleração da transformação digital em corporações em todo o mundo

Da Redação

19/12/2019 às 19h00

Foto: Shutterstock

Dentre os projetos de transformação digital para 2020, companhias deverão focar suas estratégias em nuvem híbrida, segundo pesquisa levantada pela Red Hat. A companhia ouviu mais de 850 empresas em todo o mundo para descobrir quais as prioridades das organizações para o próximo ano em adoção de novas tecnologias.

Realizada pelo sexto ano consecutivo, a Red Hat Global Customer Tech Outlook 2020 mostrou um aumento considerável nos projetos em busca da transformação digital. Das empresas ouvidas, 31% afirmaram apostar na nuvem híbrida por questões de segurança, custo x benefício e facilidade de integração de dados.

No recorte por regiões, a América Latina é a mais focada em estratégias de cloud híbrida: 39% das empresas se identificaram seguindo essa linha. Outros 31% dos entrevistados disseram preferir as nuvens privadas, enquanto 15% não têm planos de focar em estratégias cloud no próximo ano. A situação é diferente em na América do Norte, Ásia-Pacífico, Europa, Oriente Médio e África.

A pesquisa da Red Hat também descobriu que o uso de containers continua aumentando. Hoje, 62% dos entrevistados afirmam ter uso mínimo da tecnologia (cerca de 10%), cenário que pretendem mudar nos próximos dois anos. Por outro lado, o percentual de empresas com mais da metade de suas cargas de trabalho em containers espera triplicar o uso da solução no mesmo período.

CIO2503

E-book por:

Transformação digital em andamento

As companhias estão cada vez mais envolvidas com a transformação digital. Quase 60% das empresas dizem que estão implantando processos e novas tecnologias para 2020. Em comparação com o levantamento do ano passado, os dados mostram um aumento de 18% no interesse das corporações pelo tema. Os insights para a transformação se concentram na inovação, na simplificação de tarefas e em gerar uma experiência positiva para os usuários.

Para o próximo ano, a Inteligência Artificial (IA) e o machine learning também serão a bola da vez. Mais de 30% das companhias ouvidas planejam usar as tecnologias nos próximos 12 meses. As soluções ultrapassaram o blockchain, que aparecia no topo da lista de tecnologias emergentes preferidas pelas empresas no ano passado, e que consta somente em quarta opção para 2020, atrás da função como serviço (FaaS) e da Internet das Coisas (IoT).

Se por um lado mais e mais organizações estão buscando projetos de transformação digital, poucas atingiram o mesmo estágio quando se trata de mudanças organizacionais para melhorar a colaboração e a transparência.

Apesar de 42% dos respondentes afirmarem que estão em algum estágio de adoção de uma cultura organizacional open, somente 5% das companhias se descrevem como líderes nesse processo. Outras 29% não têm planos de evoluir para uma cultura organizacional aberta.

Tags
Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail