Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Salvar Escolher Pasta
Zero Trust é prioridade de segurança – mas empresas não sabem como adotá-lo
Home > Notícias

Zero Trust é prioridade de segurança – mas empresas não sabem como adotá-lo

Pesquisa revela principais barreiras para a implementação do conceito

Redação

13/01/2022 às 9h13

Foto:

De acordo com uma pesquisa da One Identity, da Quest Software, Zero Trust é a principal prioridade de segurança para a maioria das organizações, mas o entendimento abrangente e a adoção do conceito permanecem inconsistentes. Embora 75% das empresas reconheçam o Zero Trust como algo crítico ou muito importante para apoiar a postura geral de segurança cibernética, somente 14% relatam que implementaram totalmente uma solução. Outras 39% das organizações começaram a atender a essa necessidade importante e outros 22% observaram que planejam implementar o Zero Trust ao longo do próximo ano.

“As organizações reconhecem que o perímetro tradicional não
é mais suficiente e que serão mais bem atendidas priorizando a segurança da
identidade e tomando medidas para garantir que os criminosos sejam limitados
assim que obtenham acesso”, avalia Rogério Soares, diretor de Pré-Vendas e
Serviços Profissionais LATAM da Quest Software. “Zero Trust está se tornando
rapidamente essencial porque elimina permissões vulneráveis ​​e acesso
excessivo ao fornecer uma série de direitos diferentes em toda a organização
para limitar as superfícies de ataque caso sejam violadas”, completa.

Entre as principais barreiras para o sucesso do Zero Trust
está a falta de clareza sobre como a adoção pode ser alcançada: aproximadamente
61% dos profissionais de segurança estão concentrando sua implementação na
reconfiguração de políticas de acesso, enquanto 54% acreditam que começa com a
identificação de como os dados confidenciais se movem pela rede e 51% estão
implementando novas tecnologias para alcançar Zero Trust.

No total, 32% das equipes de segurança não têm um
entendimento abrangente de como o Zero Trust deve ser implementado. Outras
barreiras prioridades concorrentes (31% estão muito ocupados com outras prioridades
diárias) e crenças de que o Zero Trust pode prejudicar a produtividade dos
negócios (por exemplo, 31% acreditam erroneamente que os modelos de segurança
Zero Trust afetam a produtividade dos funcionários).

Snippets HTML5 default Intervenções CW
Vai um cookie?

A CIO usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Fechar anúncio

15