Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Salvar Escolher Pasta
Estudo: apenas 40% das empresas vítimas de ataques reforçam segurança
Home > Notícias

Estudo: apenas 40% das empresas vítimas de ataques reforçam segurança

Uma em dez não fazem nada a respeito, indica pesquisa da Kaspersky. Alteração na autenticação é medida mais comum

Redação

03/05/2021 às 16h30

Foto: Adobe Stock

Uma pesquisa da Kaspersky divulgada nesta segunda (3) mostra que apenas quatro em 10 empresas brasileiras que sofreram um incidente adotaram novas políticas ou fizeram requerimentos adicionais para melhorar a segurança digital. Uma a cada dez (ou 10%) não faz absolutamente nada.

O relatório também revela as medidas mais comumente tomadas pela TI das empresas atacadas (e que decidem fazer alguma coisa a respeito). Alteração na autenticação de empregados e subcontratados (34%), na autenticação de clientes (35%), notificação do provedor de serviço sobre a violação (32%) e troca da solução de segurança (31%) são as mais comuns.

Para Roberto Rebouças, gerente-executivo da Kaspersky no Brasil, as empresas parecem estar apenas fazendo remendos em suas estruturas de segurança quando o pior acontece. Para ele, as atuais equipes de segurança continuam agindo como bombeiros, ou seja, apagando incêndios quando acontecem. Mas não agem de forma proativa, de modo a prevenir incidentes.

“Quando há um incidente que explorou uma credencial (de funcionário, terceirizado ou cliente), o problema é corrigido e pronto. Mas não se leva em consideração que, se o criminoso entrou uma vez, vai procurar outra maneira de atacar", diz o executivo.

CIO2503

E-book por:

Para ele, as empresas precisam adotar postura proativa, o que inclui acesso a serviços de inteligência e treinamento de funcionários.

Vai um cookie?

A CIO usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Fechar anúncio

15