Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Salvar Escolher Pasta
Estudo: 80% das empresas brasileiras estão de olho em tecnologias emergentes
Home > Notícias

Estudo: 80% das empresas brasileiras estão de olho em tecnologias emergentes

Pesquisa da Avanade com 800 líderes globais aponta que IoT e IA lideram testes e implantações

Redação

09/04/2021 às 18h43

Foto: Adobe Stock

Oito em dez (80%) empresas brasileiras estão adotando ou pretendem adotar tecnologias emergentes como internet das coisas (IoT) e inteligência artificial (IA), entre outras, como forma de reagir aos efeitos da pandemia. É o que revela um estudo da Avanade, consultoria de negócios líder com foco em soluções da Microsoft.

A pesquisa global ouviu 800
líderes C-levels em oito países, incluindo o Brasil, sobre 12 tecnologias. Fazem
parte de seis indústrias, incluindo serviços financeiros, varejo, manufatura,
bens e serviços de consumo, energia e serviços públicos e saúde.

A inteligência artificial,
principalmente para fins de reconhecimento, é a tecnologia citada no Brasil, com
60% dos respondentes dizendo adotar ou testar soluções desse tipo. A IA
conversacional, que inclui chatbots, aparece em segundo com 54%.

Logo em seguida vem IoT e Edge
Computing, com 50% das respostas. Das pessoas que disseram ter testado ou
adotado uma dessas tecnologias, mais de 80% afirmaram que estão obtendo valor de
negócio a partir delas, ou seja, valor a partir do investimento.

CIO2503

E-book por:

Maturidade digital brasileira

Como parte da pesquisa, também foi
questionado o quão longe as empresas foram na jornada de transformação digital.
As organizações brasileiras disseram que alcançaram 65% do caminho, enquanto a média
global fica em 59%. A pesquisa constatou que no Brasil a gestão é mais
inteligente digitalmente (78% em relação à 69% globalmente) e há maior
engajamento da liderança no processo de transformação digital (90% contra a
média global de 65%).

"À medida que as empresas
repensarem o futuro de seus modelos de negócios - de operações a produtos,
serviços e experiências -, as tecnologias emergentes desempenharão um papel
cada vez mais significativo em sua jornada de transformação digital”, diz Gustavo
Brancante, líder regional de inovação da Avanade no Brasil.

Vai um cookie?

A CIO usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Fechar anúncio

15