Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Salvar Escolher Pasta
CIO: agente do digital na estratégia do negócio
Home > Notícias

CIO: agente do digital na estratégia do negócio

Pressão imensa sobre executivos de tecnologia exige mudanças de postura e de práticas há muito tempo arraigadas

Esdras Cândido*

30/04/2021 às 15h44

Foto: Adobe Stock

Ressignificar nossa atuação profissional e pessoal é um desafio. O contexto que vivemos, com a pandemia ainda em curso, exerce uma pressão sistemática em várias esferas. E na área de tecnologia da informação, certamente, essa pressão tem sido descomunal, principalmente sobre os CIOs. Eles estão lidando com os picos de sobrecarga nas estruturas de aplicações e infraestrutura, após a migração maciça das empresas para o trabalho remoto.

A tecnologia é um elemento bastante importante na atividade do CIO, mas realmente quem executa, cria e constrói são as pessoas, que estão passando por um momento de transição e reflexão. Além dos desafios como colaborador, precisamos nos preocupar com as famílias dos funcionários. E como balancear a vida em casa, conciliando empresa e ao mesmo tempo atenção para a própria família?

Com a pandemia, tivemos
que acelerar e replanejar os projetos com o desafio de buscar resultados mais
ágeis e aumento de receita com redução de custo. Para tanto, o foco tem sido os
projetos de inovação e de transformação digital para cuidar da operação da
empresa. Houve uma mudança neste último ano, vemos empresas trabalhando 80% em
home office e tendo que buscar tecnologias para melhorar e aperfeiçoar a
comunicação.

Por outro lado, houve a
priorização de projetos com resultados rápidos, que, muitas vezes, foram acordados
por questão de custos. Mas agora que alguns deles precisam ser acelerados, quem
tem a árdua missão de fazer tudo isso acontecer? Sim, cabe ao CIO buscar projetos
de governança, transformação digital e mudança operacional e colocar em prática
no menor tempo, claro, com todos os cenários muito bem avaliados.

CIO2503

E-book por:

A perspectiva e missão da TI são
outras. Não está mais restrito ao suporte operacional do negócio, mas passa a
ser componente essencial do core business. Toda e qualquer organização
será empresa de tecnologia digital, mesmo que não comercialize produtos de
tecnologia.

O ecossistema de fornecedores muda. O
velho e arraigado hábito de recorrer aos mesmos grandes fornecedores passa a
dar lugar a olhar também para outros parceiros, como as startups, que tendem
naturalmente a serem mais criativas e inovadoras que as grandes corporações. As
tradicionais empresas de tecnologia estão também lutando para se transformarem
e conseguirem sobreviver no novo cenário digital.

O CIO deve ser inovador. Tem que
monitorar constantemente as tecnologias emergentes, não apenas como
curiosidades tecnológicas, mas buscar identificar oportunidades de redefinir
mercados e criar modelos de negócios. Não deve ficar aguardando o que a empresa
vai desenhar como estratégia.

Afinal, a tecnologia é parte integrante
e indissociável de qualquer estratégia de negócios no mundo digital. O papel do
CIO, portanto, é o de embutir o ‘digital’ na estratégia do negócio.

* Esdras Cândido é CIO e diretor de produtos e serviços da ORYS

Vai um cookie?

A CIO usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Fechar anúncio

15