Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Salvar Escolher Pasta
Ataques contra e-mail na nuvem disparam com a pandemia
Home > Notícias

Ataques contra e-mail na nuvem disparam com a pandemia

Segundo Trend Micro, surto de ataques de malware, phishing e roubo de credenciais acompanha migração em massa para ambientes de nuvem

Redação

15/03/2021 às 20h52

notificação de e-mail envelope carta
Foto: Adobe Stock

A especialista em segurança Trend Micro anunciou esta semana que bloqueou 16,7 milhões de ataques de alto risco feitos por e-mail e que foram bloqueados por filtros dos provedores de webmail. Isso representa aumento de quase um terço em comparação a 2019, e mostra, segundo a empresa, que a migração dos servidores de e-mail para a nuvem foi acompanhada pelos cibercriminosos.

Os dados fazem parte de um relatório
do Cloud App Security (CAS), solução da Trend Micro baseada em API que
fornece proteção para serviços como Microsoft Exchange Online, Gmail e outros.

Desse total, 1,1 milhão de e-mails
bloqueados continham malwares, aumento de 16% em relação aos números de 2019.
Boa parte deles continham ameaças como Emotet e Trickbot, cavalos de tróia muitas
vezes responsáveis por ataques de ransomware.

"A COVID-19 forçou muitas
organizações a acelerarem planos de migração para a nuvem e os aplicativos SaaS
tornaram-se indispensáveis para os trabalhadores remotos. No entanto, onde há
usuários, também há ameaças", destaca em comunicado Wendy Moore,
vice-presidente de marketing de produtos da Trend Micro.

Outros tipos de ameaça

Em 2020, ataques do tipo malware,
roubo de credenciais e e-mails de phishing registraram aumento de dois dígitos,
enquanto as ameaças de BEC (e-mail corporativo) caíram ligeiramente.

Mais de 6,9 milhões de e-mails de phishing foram interceptados pela Trend Micro, em 2020, um aumento de 19% em relação ao ano anterior. Descontando o phishing de credenciais (roubo de nome de usuário e senha), o crescimento da categoria é ainda maior: 41% no período.

Leia mais: 5 razões pelas quais o custo dos ataques de ransomware está aumentando

O phishing de credenciais – que busca
roubar login e senha dos usuários – estava em cerca de 5,5 milhões de
tentativas de que passaram pelos filtros de segurança nativos da nuvem. Isso
representa um aumento de 14% em relação a 2019 e a grande maioria dos ataques
de e-mail phishing.

Ataques via e-mail corporativo,
embora tenham caído 18% em relação ao ano anterior, causaram mais perdas médias
(48%) do primeiro para o segundo trimestre de 2020.

A íntegra do relatório da Trend Micro pode ser lido (em inglês) nesse site.

Snippets HTML5 default Intervenções CW
Vai um cookie?

A CIO usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Fechar anúncio

15