Home > Carreira

Microsoft contrata executivo de TI da Disney para cargo de CIO

A contratação de Tony Scott é parte da estratégia da empresa de software de trazer profissionais de outras áreas

IDG News Service

21/01/2008 às 12h24

Foto:

Tony Scott, primeiro executivo da Walt Disney a gerenciar TI por toda uma organização, é agora o novo CIO da Microsoft. A contratação anunciada nesta sexta-feira (18/01) é parte da estratégia da fabricante de software de trazer profissionais de outras empresas. Agora Scott gerenciará a TI da companhia de mais de 4 mil profissionais.

Aos 56 anos, Scott assume o cargo no lugar de Stuart Scott, despedido pela Microsoft em novembro por violação de suas políticas. Os dois executivos, apesar do sobrenome, não tem nenhuma relação um com o outro.

Segundo um porta-voz da Microsoft, Tony Scott terá as mesmas responsabilidades de seu antecessor, que arrumou um novo emprego como COO em uma empresa de construção apenas duas semanas após a sua demissão.

O CIO na Microsoft é responsável por todos os sistemas que suportam as operações de vendas, marketing e serviços mundiais da companhia, bem como aqueles utilizados para rodar seus processos corporativos.

Desde novembro, o cargo de CIO havia sido assumido interinamente por Shahla Aly, gerente-geral de serviços, estratégia e planejamento mundial, e Alain Crozier, vice-presidente corporativo e diretor financeiro do grupo de vendas, marketing e serviços da Microsoft.

Scott também será um vice-presidente corporativo na Microsoft e responderá a Kevin Turner, COO da companhia. Para a Microsoft, Scott foi responsável por uma grande transformação em TI durante a sua permanência na Disney. Entre suas tarefas estava o treinamento de profissionais de TI em disciplinas como entrega de processos, gerenciamento de serviços e a adoção de especificações do ITIL.

Antes de ser contratado pela Microsoft, Scott trabalhou como CTO na General Motors e foi vice-presidente de operações da Bristol-Meyers Squibb.

Muitos novos rostos chegaram aos cargos de alta gerência da Microsoft nos últimos seis meses. Na semana passada, por exemplo, a companhia anunciou que Jeff Raikes, há muito presidente de sua unidade de negócios, deixará o cargo em setembro. Em seu lugar a companhia contratou Stephen Elop, ex-COO da Juniper Networks.

Com exceção do CEO Steve Ballmer e de Robbie Bach, presidente da divisão de entretenimento, muitos dos principais executivos da Microsoft chegaram à empresa nos últimos três anos. Entre eles estão Turner, bem como Ray Ozzie, que substituiu Bill Gates como chief software architect, em 2006. Tanto Turner quanto Ozzie foram contratados em 2005, juntamente com Steve Berkowitz, vice-presidente sênior do grupo de serviços online da Microsoft.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail