Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Salvar Escolher Pasta
Mais de 90% das organizações tem ou planeja transformação digital, diz pesquisa
Home > Notícias

Mais de 90% das organizações tem ou planeja transformação digital, diz pesquisa

Da Redação

28/04/2020 às 8h00

Foto: Shutterstock

A transformação digital tornou-se um imperativo estratégico para empresas de todo o mundo. Pesquisa global com 800 CIOs
e tomadores de decisão de TI mostrou que quase todos os entrevistados
(92%) estão realizando iniciativas ou planejando transformação digital
para o próximo ano.  

No
entanto, existem desafios significativos de integração para 85% das
organizações - paralisando a transformação digital e impactando
negativamente a receita, a velocidade do mercado e as experiências dos
clientes. 

A pesquisa global da MuleSoft,
fornecedora de plataforma para construção de redes de aplicativos,
entrevistou 800 líderes, em organizações com pelo menos 1.000
funcionários, dos Estados Unidos, Reino Unido, França, Alemanha,
Holanda, Austrália, Cingapura, Hong Kong e Japão. O Relatório Connectivity
Benchmark 2020, sobre o estado da TI e da transformação digital, mostra
que as empresas estão sob crescente pressão para se transformar
digitalmente.  

Eles
também estão lutando para superar um obstáculo comum: dos quase 900
aplicativos diferentes usados pela média empresa, apenas 28% desses
aplicativos estão integrados - impedindo uma visão única do cliente.
Como resultado, mais da metade das empresas não conseguem fornecer
experiências conectadas aos clientes, segundo o estudo. 

CIO2503

E-book por:

"Os CIOs
estão posicionados de maneira única para liderar a transformação
digital de sua organização. Os líderes de TI de todos os setores devem
se concentrar na criação de um novo modelo operacional que acelere a
velocidade de entrega, aumente a agilidade organizacional e ofereça
inovação em grande escala”, disse Simon Parmett, CEO da MuleSoft. 

 "Com uma abordagem liderada por API, os CIOs
podem alterar a velocidade do relógio de seus negócios e emergir como o
administrador de uma empresa que pode ser composta para democratizar o
acesso aos ativos existentes e aos novos recursos", complementa. 

O
Relatório de Benchmark de Conectividade 2020 destaca novas
oportunidades e desafios para as empresas conforme elas se transformam
digitalmente: 

1) A TI deve inovar mais rapidamente e com menos recursos 

Os
modelos operacionais tradicionais de TI estão quebrados e as
organizações estão sendo forçadas a encontrar novas maneiras de acelerar
a entrega de projetos e reutilizar integrações.  

Pelo
menos metade dos entrevistados afirma que seus orçamentos de TI
aumentarão menos de 10% este ano, apesar das cargas de trabalho do
projeto dispararem 40% (acima dos 32% do ano passado). No entanto, 82% das empresas agora estão responsabilizando suas equipes de TI por oferecer experiências conectadas aos clientes. 

Alguns dados: 

  • Mais da metade (59%) das organizações não conseguiu entregar todos os seus projetos no ano passado, criando um atraso para 2020; 
  • Quase 70% do tempo gasto com TI é administrado pelos negócios, em vez de focar na inovação e no desenvolvimento; 
  • Quase dois terços (64%) dos ITDMs acham difícil introduzir novas tecnologias devido às suas infraestruturas de TI; 
  • As quatro principais prioridades de investimento em TI para 2020 são segurança (53%), big data e analytics (48%), estratégia de multicloud (41%) e IA/Machine Learning (41 %) - tudo isso exigirá profunda integração com os sistemas existentes. 

2) As empresas não conseguem capturar o valor total das APIs sem uma estratégia para toda a empresa 

As organizações estão cada vez mais aproveitando as APIs como blocos de construção para otimizar a integração, oferecendo suporte à reutilização e autoatendimento em toda a empresa.

De fato, 80% das empresas atualmente usam APIs públicas ou privadas. No entanto, muito poucos desenvolveram uma abordagem estratégica para permitir o uso da API nos negócios. 

Outros dados: 

  • Apenas 12% das organizações são obrigadas pela liderança a cumprir uma estratégia de integração de API em toda a empresa para todos os projetos. Mais da metade (54%) implementa APIs projeto por projeto ou usa uma estratégia isolada em certas partes da empresa; 
  • Menos da metade (42%) dos ativos e componentes internos de software (por exemplo, código, APIs, modelos de práticas recomendadas) estão disponíveis para reutilização dos desenvolvedores. A maioria das organizações (80%) também não possui uma maneira completamente eficaz de compartilhar APIs ou integrações; 
  • Fora da TI, as três principais funções de negócios com necessidades de integração incluem analistas de negócios (40%), cientistas de dados (38%) e suporte ao cliente (38%); 
  • 70% dos ITDMs afirmam ter uma boa estratégia para permitir que usuários de negócios não técnicos integrem facilmente aplicativos e fontes de dados às APIs. Apesar desse alto nível de confiança, 67% não possuem uma equipe dedicada a impulsionar o compartilhamento e a reutilização de APIs. 

3) A reutilização da API está diretamente ligada à velocidade da inovação, eficiência operacional e receita 

Ao estabelecer estratégias de API que promovem o autoatendimento e a reutilização, as empresas se colocam em uma posição muito melhor para inovar rapidamente, aumentar a produtividade e abrir novos fluxos de receita.  

Mais da metade (52%) das organizações afirma que a TI gerou o maior valor comercial, criando integrações reutilizáveis que economizam tempo e dinheiro em projetos futuros.

Apesar desse sucesso, apenas 42% dos ITDMs estão aproveitando as APIs para aumentar a eficiência de seus processos de desenvolvimento de aplicativos. 

Para contextualizar: 

  • Entre as organizações que utilizam APIs, 52% as utilizam como parte do processo de desenvolvimento de novos projetos e 52% as utilizam para criar integrações. No entanto, menos da metade (46%) afirma que suas APIs são reutilizáveis, destacando grandes oportunidades para que a TI seja mais eficaz no processo de entrega;  
  • Dentre as que utilizam APIs, apenas 26% das organizações estão impulsionando a inovação com ecossistemas de parceiros e desenvolvedores externos, expondo-os a terceiros; 
  • As organizações que usam APIs se beneficiam de melhorias operacionais, como aumento de produtividade (54%), maior inovação (47%) e maior agilidade entre equipes para TI de autoatendimento (46%);  
  • Em média, quase um terço (31%) da receita das empresas está sendo gerado por APIs ou por implementações relacionadas a API. 

Vai um cookie?

A CIO usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Fechar anúncio

15