Fazer login no IT Mídia Redefinir senha
Bem-vindo de volta,
Digite seu e-mail e clique em enviar
Ainda não tem uma conta? Cadastre-se
Salvar em Nova pasta de favoritos

+

Criar pasta
Salvar Escolher Pasta
Maioria dos funcionários no mundo todo não se sente confortável para retornar aos escritórios
Home > Gestão

Maioria dos funcionários no mundo todo não se sente confortável para retornar aos escritórios

Segundo estudo, dos que já voltaram ao escritório, 1 em cada 3 disse que se sente desconfortável por estar de volta em meio a pandemia

Da Redação

16/07/2020 às 14h00

Foto: Adobe Stock

Enquanto líderes em diferentes lugares do mundo se preparam para retornar às atividades no escritório e outros planejam para fazê-lo mais adiante, a maioria das pessoas ainda não está pronta para voltar ao escritório, de acordo com uma pesquisa realizada com 2.003 pessoas nos Estados Unidos, Austrália e Reino Unido. Mais de 60% dos trabalhadores entrevistados disseram que se sentiriam desconfortáveis ao retornar ao local de trabalho agora. E a partir da experiência de trabalho remoto durante a pandemia, três em cada cinco pessoas disseram que preferem trabalhar em casa a trabalhar em um escritório.

No início de maio, a Qualtrics, responsável pela pesquisa, perguntou a milhares de americanos “como eles se sentiam em se aventurar em um mundo transformado por uma pandemia global”. Eles disseram se sentir confiantes a frequentar espaços como restaurantes, eventos esportivos, assembleias ou retornar aos escritórios. Depois de dois meses a empresa voltou a fazer as mesmas perguntas para avaliar se houve mudança no comportamento das pessoas.

No início de julho, então, a empresa perguntou a milhares de trabalhadores nos três países como eles se sentiam sobre o experimento acidental de trabalhar em casa. A maioria quer algo um pouco mais híbrido, que lhes permita estar presente nos momentos mais importantes - no escritório e em casa, diz o relatório.

Em maio, dois em cada três americanos (66%) disseram que se sentiriam desconfortáveis em voltar ao local de trabalho. No início de julho, esse número havia caído apenas cinco pontos percentuais, para 61%. De fato, trabalhadores de todas as idades sentiram-se igualmente desconfortáveis com a ideia de voltar ao local de trabalho - uma descoberta que permaneceu consistente por dois meses, de acordo com o relatório.

CIO2503

E-book por:

No entanto, a grande maioria dos funcionários (80%) confia na liderança da empresa para tomar a melhor decisão sobre quando levar de volta a força de trabalho ao escritório, enquanto 11% dizem que são neutros e 9% dizem que discordam. Há dois meses, 69% disseram confiar na empresa para tomar essa decisão, 16% disseram ser neutros e 15% disseram que discordavam.

Porém, os trabalhadores esperam que seus empregadores tomem medidas e adotem precauções de segurança ao retornarem, como: manutenção do distanciamento social (93%), limite de número de pessoas em reuniões presenciais (90%); uso obrigatório de máscaras (87%); verificação da temperatura na entrada do prédio para todos, todos os dias (82%).

Algumas pessoas já retornaram ao local de trabalho, embora 38% afirme que se sente desconfortável por estar de volta. Destes, 34% dizem que voltaram ao trabalho porque estão sob pressão financeira, enquanto 19% dizem que sua empresa realmente precisa deles no local de trabalho e 16% temem ser demitidos caso se manifestem contrários ao retorno.

A principal coisa que faz com que a maioria dos funcionários se sinta desconfortável por estar de volta ao escritório:

  • 22% dizem que é por causa de outros funcionários não levarem a situação a sério;
  • 18% dizem que é por falta de testes para os funcionários que voltam;
  • 14% dizem que é por causa de outros funcionários que não usam máscaras;
  • 14% dizem que é por causa de um aumento recente na contagem de casos;
  • 12% dizem que é por falta de material de limpeza e higienização.

As cinco principais coisas que os funcionários disseram que os deixariam mais seguros de volta ao local de trabalho são: desinfetante para as mãos e produtos de limpeza prontamente disponíveis; funcionários obrigados a usar máscaras; teste para todos os funcionários; uma política de não aperto de mão ou abraços; distanciamento social implementado e imposto.

Home office

Quando questionados, em julho, como se sentiam em trabalhar em casa e como o trabalho mudou desde que os funcionários deixaram seus escritórios, três em cada cinco pessoas que mudaram para o trabalho remoto durante a pandemia disseram que preferem trabalhar em casa a trabalhar em um escritório. Mas esse número muda drasticamente por idade.

Menos de 27% das pessoas com menos de 55 anos preferem trabalhar em um escritório. Pessoas com 65 anos ou mais são a única faixa etária em que a maioria (quase 48%) prefere trabalhar no escritório. Esse grupo também tem quase duas vezes mais chances (86%) de preferir trabalhar em um escritório do que aqueles com menos de 34 anos.

A maioria (87%) dos funcionários quer trabalhar em casa o tempo todo, parte do tempo ou ocasionalmente. Enquanto 32% dizem que querem trabalhar em casa parte do tempo, 28% dizem que querem trabalhar em casa o tempo todo e 27% gostariam da opção de trabalhar remotamente ocasionalmente. Somente 13% querem trabalhar no escritório.

Saúde mental

À medida que as pessoas eram forçadas a ficar de quarentena e trabalhar em casa, e à medida que a economia se tornava menos estável, as mudanças afetavam também a saúde mental das pessoas. Desde o início da pandemia, os entrevistados relataram um aumento nos níveis de estresse (67%) e de ansiedade (62%), principalmente devido a preocupações com dinheiro, incerteza, insegurança no emprego e medo do próprio vírus.

Isso resultou em uma redução de produtividade para 22% dos entrevistados. Outros 40% disseram que não mudou ou diminuiu o nível de produtividade, enquanto 38% dizem que aumentou. Aqueles que dizem que estão menos estressados dizem que é por causa de menos pressão e mais tempo livre.

Vai um cookie?

A CIO usa cookies para personalizar conteúdo e anúncios, para melhorar sua experiência em nosso site. Ao continuar, você aceitará o uso. Para mais detalhes veja nossa Política de Privacidade.

Este anúncio desaparecerá em:

Fechar anúncio

15