Home > Carreira

Os sinais de que é hora de buscar um novo emprego

Acompanhe uma lista de indicadores apontados por headhunters, especialistas e recrutadores

Computerworld, EUA

07/01/2008 às 10h33

newjob_int.jpg
Foto:

Fora receber um comunicado de demissão, freqüentemente há sinais reveladores de que chegou a hora de procurar um novo emprego. Você não é promovido desde o governo Clinton. As tarefas mais interessantes são delegadas aos seus colegas ou seus subordinados. Sua mesa está cada vez mais distante do local onde se passa a ação.

Mas alguns indicadores talvez sejam menos óbvios, como mudanças sutis na estrutura de uma organização de TI que podem resultar em estagnação da carreira. Uma variedade de especialistas em carreira, headhunters, recrutadores, CIOs e profissionais de TI mostram quando é a hora de partir.

1. Seu papel se tornou marginalizado.
Se você é bypassado em promoções ou tarefas interessantes ou elas sempre são oferecidas ao pessoal de TI subalterno, “é um sinal óbvio”, diz Robert Rosen, CIO do National Institute of Arthritis and Musculoskeletal and Skin Diseases e ex-presidente do Share, grupo de usuários IBM.
Com freqüência, a informação é afixada no mural. Você só precisa parar, dar um passo atrás e ler. “Se você sente que não está mais contribuindo, provavelmente não está mesmo”, observa Frank Hood, CIO da Quiznos Master.

2. Você parou de crescer.
“Se você não está mais aprendendo diariamente, não está fazendo coisas novas e não está progredindo”, é hora de partir, orienta Sara Garrison, vice-presidente sênior de desenvolvimento de produtos e soluções da Sabre Holdings.

As luzes vermelhas devem acender se você está na mesma função há dois ou três anos e não enfrentou nenhum desafio significativo durante este tempo, salienta Umesh Ramakrishnan, vice-chairman da CTPartners, empresa de recrutamento de executivos.

3. Você não faz parte da visão global.
A maioria dos CIOs traça um road map para o rumo que pretende dar às suas organizações nos 12 a 60 meses seguintes, incluindo os projetos mais importantes de TI/negócio no qual planejam trabalhar, segundo Joe Trentacosta, CIO da Southern Maryland Electric Cooperative. Se há muitos projetos a caminho que não abrangem sua área de expertise ou nos quais você, na melhor das hipóteses, desempenhará um papel insignificante, é um sinal de alerta.

Além disso, se você foi relegado a uma função de TI do tipo commodity, que agrega pouco valor à organização ou pode ser terceirizada facilmente, “é hora de buscar uma nova oportunidade”, ensina Hans Keller, chief technology officer do National Aquarium.

++++

4. Você está sendo excluído.
Se você é CIO ou ocupa outra função de gerente de TI sênior, os sinais de alerta incluem não ser chamado para participar de novas decisões de negócio ou ser excluído de reuniões formais ou informais do comitê executivo, de acordo com Craig Urrizola, CIO da distribuidora de alimentos Saladino's Inc.

A perspectiva é igualmente sombria se você é um profissional de TI cuja contribuição em novos projetos é dispensada ou solicitada em bases limitadas.

5. Sua influência está diminuindo.
Sem dúvida, um CIO tem mais influência em uma organização do que um engenheiro de rede. Mas todos os profissionais de TI possuem algum nível de influência dentro de suas equipes ou pelo menos entre seus próprios grupos de colegas. Se seu poder de persuasão estiver diminuindo, é hora de mudar, sugere Keller.

6. Você não gosta mais do trabalho.
“Alguém me falou um dia que nós não estamos aqui por muito tempo; estamos aqui por um bom tempo”, diz Michael Nieset, sócio gerente de prática de tecnologia da empresa de colocação de executivos Heidrick & Struggles International. Às vezes as pessoas se mantêm em uma situação aquém da ideal só porque é mais confortável para elas.

“Você tem que assumir o controle. Se não está empolgado com os projetos nos quais trabalha, corrija-os”, aconselha Nieset. “Se é totalmente engajado, apaixonado pelo que faz, e faz o que sabe, você se sente realizado e é recompensado.”

7. Melhoria contínua não faz parte do mantra.
Às vezes, mudanças organizacionais, ou a falta delas, devem ser vistas como alertas na vida profissional. A estagnação dentro da organização ou do departamento de TI é um bom exemplo. Se o departamento de TI usa as mesmas técnicas de desenvolvimento de aplicações há 15 anos e não se esforçou para atualizar sua abordagem, alguma coisa está errada, avisa David Van De Voort, consultor-chefe da Mercer. Se sua empresa não estiver disposta a investir em processos de melhoria contínua como CMMI, ITIL ou Six Sigma, talvez seja hora de procurar uma empresa que esteja.

8. Os pastos verdejantes são realmente verdejantes.
Se você chegou a uma encruzilhada em que se desiludiu com seu empregador atual por um motivo ou outro (longas horas de trabalho, promoções raras, insatisfação na carreira etc.) e recebeu uma oferta de emprego de outra empresa, está na hora de pular do barco. Quando você se depara com “situações que não se resolvem sozinhas – você detesta ou não sente orgulho do que faz, ou precisa falar alguma coisa com seu chefe mas não fala porque sabe que não vai ajudar – está na hora de mudar de emprego”, sentencia Joel Reiter, analista de aplicações da U.S. Bancorp.

Neste caso, certifique-se de que não está pulando da frigideira para o fogo -- de que está indo atrás de uma boa oportunidade, e não apenas deixando para trás uma oportunidade que se tornou ruim.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail