Home > Tendências

A decepção da SOA, segundo o CTO da Accenture

Na visão do CTO da Accenture, há consenso sobre o que a arquitetura orientada a serviços promete. Mas ainda não há resultado

InfoWorld (EUA)

03/12/2007 às 19h49

incomplete_int.jpg
Foto:

A SOA (Arquitetura Orientada a Serviços) tem decepcionado e mostrado estar muito aquém do que estava sendo esperado, disse Donald Rippert, CTO da Accenture, durante um evento da BEA Systems em San Jose, ma Califórnia.

Na abertura do Centro de Inovação da Accenture para BEA, Rippert disse que o desenvolvimento da SOA está estagnado na segunda fase do que ele descreveu como uma progressão de quatro fases. Os implementadores conseguiram criar serviços Web a partir de aplicações legadas, mas não implementaram um modelo de processos, diz ele.

“Existe consenso do que SOA promete”, diz Rippert, apontando que o modelo tem muitas definições. "Mas essa promessa não tem se realizado", complementa. Ele descreve as quatro fases da implementação de SOA: começa na adoção de XML como interface, depois na implementação de sistemas legados com a Web, depois o uso do ESB (enterprise service bus) para conectar serviços e o uso de processos compostos. A quarta fase envolve o uso de BPEL (Business Process Execution Language for Web Services, em inglês) em que uma aplicação de negócio é revisada resultando em mudanças no modelo de processos, mais do que no código.

Mas SOA, na maioria dos casos, não está permitindo isso, diz Rippert. “Talvez um dia, mas não hoje; ainda não vejo isso acontecendo”, conclui.

Além disso, Rippert diz que os CIOs comunicam que é preciso trabalhar mais perto da área de negócios. E, um grande abismo existe quando nem as pessoas de negócio, nem o CIO podem alavancar processos para posterior inclusão em uma biblioteca de serviços fundamentais para reuso em SOA.

De acordo com o executivo, se essa lacuna não for construída nos próximos 18 meses, SOA corre o risco de se tornar o Hula Hoop, um brinquedo muito popular da década de 1950 e que depois foi esquecido. A joint-venture Accenture-BEA terá foco no desenvolvimento de soluções, inclusive para SOA.

Paul Krill - InfoWorld (EUA)

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail