Home > Carreira

Vazamento de dados no Reino Unido leva à saída de chairman

Dados sobre 25 milhões de auxílios por criança pagos pelo HMRC (Her Majesty’s Revenue and Customs, o equivalente à Receita Federal daquele país) foram perdidos

Computerworld, Reino Unido

21/11/2007 às 12h04

Foto:

O chanceler Alistair Darling acaba de denunciar uma falha de segurança nos procedimentos internos do Her Majesty’s Revenue and Customs (HMRC, a Receita Federal no Reino Unido). Ele alega a perda de dados de 25 milhões auxílios por criança, pagos à população daquele País.

Darling afirmou que, no mês passado, um funcionário usou o sistema interno de correio do departamento para mandar dois discos protegidos por senha, mas não encriptados, com informações sobre o pagamento de auxílios pagos para crianças para o National Audit Office. Mas os discos nunca retornaram.

Dois outros discos contendo os mesmos dados foram enviados na seqüência por correio registrado e voltaram a salvo. O vazamento de dados é considerado um dos piores já ocorridos no mundo.

O fato explica o pedido de demissão feito logo em seguida por Paul Gray, o chairman do HMRC, com a justificativa de “uma substancial falha operacional”. Os dados perdidos continham informações que incluíam dados bancários, nomes de crianças, datas de nascimento, números de identificação (CIC), entre outros dados, de 25 milhões de requerentes do auxílio-criança. Este número pode significar o vazamento de dados de cerca de 7,25 milhões de famílias inglesas.

Uma investigação policial já está sendo feita. O chanceler George Osborne afirmou que o governo precisa mostrar um mínimo de competência no que diz respeito a este assunto. “Esta foi a gota d’água para colocar em cheque a capacidade do governo de criar um banco de dados nacional”, afirma Osborne.

Computerworld, Reino Unido - Christian Annesley

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail