Home > Carreira

Microsoft demite CIO após investigação

Executivo foi dispensado após uma investigação por violar políticas da companhia

IDG News Service

07/11/2007 às 13h29

Foto:

A Microsoft demitiu seu chief information officer (CIO), Stuart Scott, a empresa confirmou na terça-feira (07/11).

A companhia não deu detalhes sobre a demissão, limitando-se a dizer que Scott foi dispensado após uma investigação por violar políticas da companhia.

Até que um substituto seja encontrado, Shahla Aly, um gernte geral, e Alain Crozier,  um vice-presidente corporativo, vão assumir as responsabilidades do executivo, segundo a Microsoft.

Scott entrou para a Microsoft em julho de 2005, depois de passar 17 anos na General Electric, onde também atuava como CIO. Dentro da Microsoft, ele se reportava a Kevin Turner, chief operating officer (COO).

Inicialmente, Scott foi contratado para dividir o cargo de CIO com Ron Markezich. Porém, posteriormente, Markezich deixou a função de CIO e assumiu o posto de vice-presidente de soluções gerenciadas da Microsoft.

Nancy Gohring, editora do IDG News Service, de Seattle

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail