Home > Tendências

Para onde foram os clientes de RFID?

Apesar das baixas taxas de adoção das soluções baseadas em identificação por radiofreqüência, players do setor continuam apostando na tecnologia

CIO Canadá

10/10/2007 às 14h17

Foto:

Desenvolvedores de soluções e canais de distribuição foram levados a colocar produtos ligados à identificação por radiofrequencia em seus portfolios. No entanto, os potenciais clientes estão demorando para apostar na tecnologia. Isso é o que mostra uma pesquisa recente realizada pela Computing Technology Industry Association (CompTIA).

O estudo mostrou que 84% das empresas de tecnologia – revendas, integradores, fornecedores e consultorias – oferecerão soluções de RFID nos próximos três anos. Mas cerca de dois terços das companhias entrevistadas disseram que seus clientes ainda não começaram a implementar esse tipo de tecnologia. Entre os que já têm clientes que já implementaram RFID, menos de 20% afirmam que essas empresas já estejam efetivamente usando as soluções.

"Os resultados da pesquisa são um reflexo do mercado de RFID, no qual as previsões de crescimento rápido deram lugar à realidade de ter de lidar com uma tecnologia cuja disseminação esbarra em dificuldades como custom das etiquetas e retorno incerto do investimento realizado”, diz David Sommer, VP da CompTIA para e-business e soluções de software.

Apesar da taxa de adoção abaixo das expectativas, os canais continuam apostando nas oportunidades do mercado de identificação por radiofrequencia. Entre as que pretendem continuar atuando no segmento, 89% esperam focar em instalação e manutenção de hardware; 46% irão oferecer serviços de implementação de software; 38,9% concentrarão os esforços em serviços e cerca de 31,5% planejam desenvolver software para essa tecnologia.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail