Home > Tendências

Código aberto: as melhores ofertas em aplicações

Seleção aponta as melhores soluções em código aberto para CRM, ERP, portais, gerenciamento de conteúdo e plataformas de colaboração.

InfoWorld/EUA

02/10/2007 às 14h55

Foto:

A demanda por aplicações de CRM de baixo custo trouxe grande sucesso a fornecedores de software como serviço como a Salesforce.com. Ao mesmo tempo, porém, essa disposição em aceitar ferramentas mais leves para relacionamento com o cliente tem impulsionado também as ofertas na esfera de código aberto.
Na eleição da publicação norte-americana Infoworld sobre as melhores soluções em código aberto para CRM, quem se destacou foi a SugarCRM. É um sistema grandioso em suas ofertas, traz boas opções de instalação e hospedagem, além de dar à TI a flexibilidade necessária. Fora isso, traz uma interface Ajax fácil de usar que melhora a adoção.

Os usuários também apreciam o poder de sincronização offline com o cliente, integração com o Microsoft Outlook e Word. A aplicação Sugar está se tornando ainda melhor. A recente versão 5.0 mostra avanços em gráficos e painéis de controle de desempenho, além de um cliente de e-mail novo no modelo Ajax e o amplamente aguardado controle de níveis de acesso. Um kit novo para desenvolvimento torna mais fácil a elaboração de novos objetos para atender exigências verticais.

Também tão importante é a boa comunidade desenvolvedora que se formou em torno do SugarCRM, fazendo uma vasta biblioteca de plug-ings e melhorias nas funcionalidades - incluindo integração com VoiP.

Em termos de concorrência, o sistema não está muito ameaçado, especialmente com rivais como Centric CRM, CentraView e openCRX.  A mais notável dessas concorrentes é o Java Centric CRM, que apresenta ferramentas de colaboração para serviços ao cliente e automação de força de vendas. Também traz ferramentas fortes de marketing online.

Gestão empresarial
Amplamente dominado por gigantes como Oracle e SAP, o território de ERP é famoso por sua complexidade e não tolerância a interrupções. Como resultado, é difícil o terreno para companhias de código aberto ganharem espaço, como Apache OFBiz, Compiere, ERP5, Openbravo, OpenMFG/Postbooks e TinyERP.

No entanto, nenhuma dessas soluções se compara com o produto que tem impressionado em termos de funcionalidades, usabilidade e integração como o NetSuite – no modelo de software como serviço.

Por outro lado, a Espanha aparece como um candidato improvável para muitas pequenas e médias implementações: com a Openbravo. O sistema faz um bom trabalho de gerenciamento geral de negócios como compras e precificação de produtos, armazenamento e gestão de estoque, além de produção e contabilidade financeira. Seus módulos de vendas, CRM e planejamento de requisição de materiais são bons, assim como a capacidade de gerenciar projetos multifase.

O Openbravo deixa a desejar em sistemas para RH e gerenciamento de documentos, mas é forte em business intelligence e balanced scorecard, além de ser sólido para o desenvolvimento de frameworks em Java. Outro pequeno notável nessa esfera é o Compiere, e o Apache Open for Business (OFBiz), mas essa solução não é muito indicada para pequenas e médias empresas. Adequa-se melhor, segundo a Inforworld, a VARs, em virtude de sua complexibidade.

++++

Portais corporativos
Por definição, portais corporativos fornecem devem integrar conteúdo em sistemas dispersos e permitir aos usuários executar aplicações no ambiente do portal.

O vencedor dessa categoria, na avaliação da Inforworld, é o Liferay Portal, em virtude de sua usabilidade, arquitetura, segurança e integração. A experiência com o usuário é intuitiva e traz funcionalidades "arraste e cole". Suas últimas versões adicionam suporte PHP e Ruby. Também existe integração com o Microsoft Exchange, calendário iCal, e suporte completo para WebDav.

Não muito atrás aparece o JBoss Portal, que é executado em um escalável servidor de aplicações JBoss. A solução suporta qualquer banco de dados compatível com JDBC e tem muitas opções de segurança do Liferay. No entanto, a interface com o usuário JBoss ainda precisa ser refinada e existem poucos downloads permitidos no PortletSwap em comparação com o Liferay.
Também ganham destaque o uPortal e o GridSphere. O primeiro foi desenhado prioritariamente para instituições de alta educação, que precisam de uma visão personalizada de seu campus web. Já o último fornece um framework para portal e uma série de portlets para criar perfis de usuários e customizar a aparência do portal.

Gestão de conteúdo
Para gerenciamento de conteúdo, o líder eleito pela publicação foi o Alfresco, que lidera em áreas como DotNetNuke, Drupal, Joomla e Plone. Se a comunidade open source espera que seus CMS sejam levados a sério, essas aplicações precisam passar pelo mesmo teste rigoroso que seus parceiros comerciais - e eles assim o fazem.

Considerando atributos como segurança, escalabilidade e gerenciamento, assim como fortalecimento de comunidades e suporte, o Alfresco aparece claramente como vencedor. Outro ponto de destaque é a possibilidade de gerenciamento em multi-idiomas.

Outros projetos de código aberto tentam implementar servidores de colaboração compatíveis com o Exchange, mas três apenas se destacam:  Open-Xchange, Scalix e Zimbra, disponíveis tanto nas versões comerciais quanto nas comunidades. O vencedor, entretanto, é o Scalix, que apresenta aquilo que as empresas esperam de uma plataforma de e-mail e colaboração, com uma boa percepção corporativa.

Originalmente baseado no OpenMail, da HP, e recentemente adquirida pela Xandros, a Scalix traz uma interface de administração baseada na web e combina também integração forte com Outlook e Novell Evolution, além de servidores POP e IMAP. Também traz um cliente poderoso Ajax para e-mail e calendário.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail