Home > Tendências

Quando os blogs fazem mal

Informações sobre atualização do Office Mobile vazaram. O culpado foi um funcionário da Microsoft e seu blog

Al Sacco

02/10/2007 às 15h08

Foto:

Blogs, wikis e outras tecnologias da web 2.0 estão sendo usadas com muita freqüência por corporações, conforme os CIOs aprendem a gerenciá-las. Mas é importante ter em mente que, quando mal utilizadas ou usadas em excesso, essas tecnologias tornam-se grandes riscos para a corporação.

Exemplo recente: Na semana passada, um funcionário da Microsoft chamado Jason Langridge fez um post em seu blog que detalhava uma atualização do sistema operacional Windows Mobile, além de incluir um link para a página da qual o upgrade poderia ser baixado. O único problema é que a tal atualização não deveria vir a público nas próximas duas ou três semanas.

A Microsoft imediatamente tirou a página de download do ar dizendo que se tratava de algo apenas para uso interno; e Landgridge, que trabalha no grupo do Windows Mobile, no Reino Unido, removeu o post de seu blog. Mas o estrago – neste caso, não tão grande – já estava feito.

A página que Langridge citou em seu post (com o respectivo link) mostrava que a atualização tem como objetivo corrigir um problema que vem impedindo os usuários de Windows Mobile de acessar ou visualizar documentos do Office 2007, assim como permitiria que os dispositivos baseados nesse sistemas operacional extraiam arquivos de pastas .zip comprimidas.

A história toda traz algumas questões à mente dos CIOs. Em primeiro lugar, quantos de vocês utilizam blogs, wikis, redes sociais e outras ferramentas do tipo em suas corporações? Vocês possuem mecanismos de segurança para prevenir vazamentos de informações como esse? Quais são eles?

O vazamento, neste caso, pode ser considerado o bom e velho “erro humano”, então, como você protee sua organização de algo assim? Para ser claro: Langridge precisa ser disciplinado?

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail