Home > Tendências

Os entraves para adoção de RFID

Custo e limitações tecnológicas são principais barreiras para a disseminação da tecnologia no País, segundo fornecedora

Taís Fuoco, do ComputerWorld

18/09/2007 às 14h49

Foto:

Ela está em todas as listas de “tecnologias promissoras” divulgadas por publicações especializadas, firmas de análise e consultorias – nos últimos cinco anos, pelo menos. No entanto, pouco se vê em termos de aplicações práticas em larga escala da tecnologia de identificação por radiofreqüência.
Na visão de Carlos Levenstein, gerente de território da Zebra Technologies, fornecedora de etiquetas e impressoras de RFID, questões como o custo e algumas limitações tecnológicas são os principais entraves na adoção em massa da tecnologia. "O investimento necessário é alto e ainda não está claro o retorno", afirmou, em encontro com a imprensa nesta terça-feira (18/09). De acordo com o executivo, a Zebra fornece tanto as etiquetas como as impressoras de RFID para quatro clientes no Brasil (entre os quais está a rede varejista Wal-Mart), todos por meio de contratos globais.
Para Levenstein, "ainda faltam algumas coisas para essa tecnologia deslanchar", como o alto custo da infra-estrutura. Segundo ele, a etiqueta e a impressora "têm custos irrisórios", mas a infra-estrutura composta de leitores, antenas e softwares ainda tem custo elevado diante do retorno. Ele citou ainda "limitações na tecnologia", como as interferências de líquidos e de oscilações de temperatura. "Existem formas de superar isso, mas agrega mais custos", ponderou.
Nos Estados Unidos, como ele lembrou, alguns hospitais já utilizam RFID para identificação de pacientes e controle da logística de medicamentos. No Brasil, no entanto, ainda não se tem notícia desse tipo de aplicação. Hospitais como o Albert Einstein e o Santa Catarina, ambos na capital paulista, são usuários das impressoras térmicas da Zebra para identificação de pacientes e de medicamentos, mas não utilizam RFID e, sim, informações diretamente aplicadas na etiqueta.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail