Home > Carreira

Torne-se estratégico

Headhunters e CIOs discutem, na abertura do CIO IT Summit Finanças 2007, como o principal executivo de TI pode transformar-se em um grande líder corporativo

Thais Aline Cerioni

13/09/2007 às 10h49

painel1_int.JPG
Foto:

Trabalhar em um ambiente incerto com naturalidade, desenvolver uma equipe competente e confiante (e, assim, delegar mais), priorizar os momentos em que deve dedicar-se a pensar estrategicamente, ser sociável e feliz. A capacidade de reunir todas essas características constitui o fundamento para ser bem-sucedido no novo papel do CIO. Ao menos foi esta a mensagem passada por Fátima Zorzato, presidente da Russel Reynolds; Jairo Okret, presidente da Korn/Ferry; Laércio Paiva, diretor de TI do Banco Votorantim, e Marcelo Ferreira, superintendente de tecnologia do Unibanco AIG, durante o painel de abertura do CIO IT Summit Finanças 2007.

Okret, da Korn Ferry, destacou o fato de o papel do CIO estar em constante mudança e que, para enfrentar esta transformaçao, os executivos de TI devem construir a "cultura do desempenho". O consultor sugere que o CIO procure, cada vez mais, tornar sua postura mais próxima daquela assumida pelos líderes corporativos. Ou seja, desenvolver habilidades como pensamento estratégico, planejamento cuidadoso, envolvimento nos negócios e tolerância a ambigüidade. "E, principalmente, manter a calma nesse ambiente", lemra Okret.

Outro ponto relevante na construçáo de um grande líder, segundo os palestrantes, é a capacidade de liderar e desenvolver equipes. "Quando você é chefe, tem mais gente mandando em você", brinca Fátima, destacando a importância de se ter um relacionamento com subordinados baseado em confiança e humildade. "O CIO tem de saber que é normal nao ter todas as respostas buscadas pela equipe", concorda Okret.  De acordo com o presidente da Korn/Ferry, a competência emocional - traduzida como "manter a calma, náo se frustrar frente a incertezas e entender pessoas" - é a chave para ter sucesso como líder.

Fátima destaca ainda a importância de manter bons relacionamentos e de integrar vida pessoal e profissional. "O executivo fadado ao sucesso é aquele que está de olho em oportunidades o tempo todo, independente de onde está ou o que está fazendo", aponta a headhunter. Ela destaca, entretanto, que o foco exclusivamente no trabalho pode atrapalhar. "Coloque em sua vida coisas diferentes do dia-a-dia. Elas funcionam como o sorbet entre os pratos: limpam o paladar e te ajudam a apreciar melhor."

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail