Home > Carreira

Currículo em vídeo?

Nova tendência no mundo corporativo, o video-currículo pode ser um aliado ou um inimigo. Abaixo, sete dicas para produzir material profissional e que realmente funcione

Nick Murphy

27/08/2007 às 13h44

Foto:

1. Deixe claro o que você tem de melhor em relação aos demais candidatos. Prepare seu discurso antes de começar a gravar. E comece destacando seu diferencial – uma frase que mostre para o potencial empregador o que você tem que o torna melhor que seus concorrentes. Quando gravar, apresente sua “proposta de venda” com confiança.

2. Seja simples. Não exagere na quantidade de informação. Você quer abrir o apetite do contratante para saber mais de você. Apresente-se, venda o seu peixe e dê alguns exemplos do que você tem a oferecer. E lembre-se de usar o vídeo-curriculo para mostrar algo que não possa ser dito no modelo tradicional, em papel.

3. Menos é mais. Faça um vídeo curto e conciso. O tempo passa rápido quando falamos, mas se arrasta quando estamos ouvindo. E a última coisa que você quer fazer é entediar o possível contratante. O tempo ideal é algo entre 60 e 90 segundos, sem jamais ultrapassar os dois minutos. O objetivo do video é atrair o empregador e convence-lo do que você é um bom candidato.

4. Concentre-se na mensagem que quer passar. Antes de gravar, pense sobre o que quer dizer. Escreva os pontos principais para que não esqueça de nada. Trabalhe no texto até que fique perfeito, substitua palavras ou frases que não estejam funcionando bem ou que sejam difíceis para pronunciar.

5. Profissional não significa excessivamente sério. Um currículo em vídeo pode ser único e profissional ao mesmo tempo. Ou seja, mostre sua personalidade. Você quer passar seu profissionalismo com entusiasmo então sorria e mostre confiança. Imagine que está conversando com o chefe ideal e que ele já gosta do que vê.

6. Preste atenção à imagem que vai passar. O video será o responsável pela primeira impressão que você vai passar para os seus possíveis novos chefes. Sendo assim, vista-se bem (como você faria para uma entrevista de emprego). Além disso, o ambiente em que está gravando é importante. Preste atenção para que não haja bagunça ou sujeira no ambiente. Você quer que o foco seja você, lembre-se.

7. Esteja atento à linguagem corporal. Grande parte de nossa comunicação é não-verbal – então, preste atenção ao que seu corpo está dizendo ao empregador. Faça o possível para não cruzar os braços ou apoiar as mãos na cintura. E tente não gesticular demais.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail