Home > Carreira

Dez dicas para ser contratado

Em uma entrevista de emprego, dificilmente o candidato escapa de algumas perguntas-chave. Saiba o que responder em uma entrevista para um cargo na área de TI

01/08/2007 às 12h19

Foto:

O vice-presidente e diretor de tecnologia Brian Young, da universidade norte-americana de Creighton, adora passar bastante tempo com candidatos a vagas em sua empresa. Mesmo que os futuros contratados não vão se reportar diretamente a ele. “Pessoas são a coisa mais importante que você tem. Então, passamos bastante tempo no processo de contratação”, explica.
O executivo, assim como muitos outros gerentes responsáveis por contratações, coloca bastante esforço no processo de entrevista. Ele diz que é a chance de ir além do currículo e conhecer profundamente as habilidades e os traços de personalidade que os candidatos não detalham no papel.
“É bem complicado contratar pessoas. Muito da atividade está em encontrar bons talentos, não apenas corpos”, diz Shadman Zafar, CIO da divisão de telecomunicações da Verizon.

Com tais princípios em mente, a jornalista Mary Pratt, da edição norte-americana do COMPUTERWORLD, entrevistou alguns executivos de TI sobre suas perguntas favoritas durante uma entrevista de emprego. Saiba o que eles responderam.

1-) “Descreva sua tarefa mais difícil até então”. - Segundo Zafar, da Verizon, nesta questão é possível sentir as fraquezas do candidato enquanto ele conta a história. Além disso, o entrevistador também pode captar a reação do profissional em relação aos seus pontos fracos.

2-) “Conte-me uma conversa que você teve com seu chefe ou outros em sua vida em que recebeu um retorno difícil de assimilar”. - Para Young, da Universidade de Creighton, tal colocação faz o candidato mostrar sua disposição em ouvir e em reagir após um retorno não muito agradável.
Diz o executivo que certa vez uma entrevistada contou que seu chefe a aconselhou a abandonar o e-mail e realizar comunicações pessoalmente. Ela respondeu que começou a circular entre amigos para saber a opinião deles sobre como melhorar. A executiva também afirmou que estava pensando em se matricular em um curso para aprimorar sua comunicação. Boa resposta, consideram os especialistas.

3-) “O que você fará se não conseguir este emprego?” - Respostas para essa pergunta mostram quão seriamente os candidatos levam seus caminhos profissionais, afirma Katherine Spencer Lee, diretora da Robert Half Technology, companhia de TI baseada na Califórnia. Indivíduos que também estão procurando outros empregos ou planejando ampliar suas qualificações em um campo específico demonstram comprometimento com suas aspirações. Isso é algo a mais a apresentar.
No entanto, aqueles que não conseguem articular um plano podem estar tentando apenas algo novo ou uma aventura. Além disso, a executiva aponta que a resposta também mostra quão rápido o candidato consegue se articular. Se alguém diz que está fazendo outras entrevistas, o headhunter ou o entrevistador em questão sabe que terá que agir rapidamente.
Katherine conta também que uma das respostas mais interessantes que recebeu para esta questão foi “você não pode não me contratar, porque vou trabalhar para seu concorrente”. A especialista disse que já contratou candidatos que deram esta resposta. No entanto, ela deve ser apresentada de forma correta, para não soar ultraconfiante ou arrogante.
         
4-) “Por que devo contratar você?” – Esta é a oportunidade de saber se o profissional realmente quer o emprego, diz Sherry Aaholm, vice-presidente executivo de TI da FedEx. “Eu quero ver se eles são apaixonados e se pesquisaram sobre aquela posição”, diz.
Um entrevistado deu a clássica e errada resposta: “porque você já me conhece”. Um relacionamento anterior não garante a vaga futura, aponta Aaholm. Uma resposta com falta de inspiração também não vai adiantar.

5-) “Alguma vez você já teve que demitir alguém?” – O executivo da FedEx aponta que tal questão mostra como a pessoa consegue lidar com a equipe, se está disposta a ajudar a desenvolver e treinar pessoas que estão se esforçando e mesmo como tomar a dura decisão quando os trabalhos não estão dando certo.

6-) “Conte-me algum problema que sua companhia teve e como você usou a tecnologia para resolvê-lo”. – De acordo com Robert Rosen, CIO do Instituto Nacional de Artrite dos EUA, essa pergunta é indicada para profissionais que pleiteiam um cargo de TI mais direcionado a clientes. Também pode ser complementada com:

7-) “Qual problema de negócios você tentou resolver e como trouxe valor ao cliente utilizando a tecnologia?”. Essa questão aliada à pergunta 8-)“quais são suas metas de longo prazo?” são as táticas de Robert Moon, vice-presidente e CIO da LeapFrog Enterprises, desenvolvedora de tecnologia da Califórnia. Segundo ele, tais elementos podem determinar se é possível utilizar esse profissional para ajudar a companhia a atingir seus próprios objetivos. Uma das respostas que Moon gosta de ouvir como parte dos planos de longo prazo do executivo é “eu quero seu emprego”.

9-) “Qual é seu livro de cabeceira?” – Para Brian Abeyta, diretor de TI da seguradora Aflac, isso mostra se eles são leitores regulares e qual tipo de perfil eles têm. O executivo diz que raramente obtém respostas sinceras. “Tive poucas respostas dizendo que eles não têm tempo de ler”.

10-) “Quão próximo você é da tecnologia e quão importante ela é para você?” – Para Joel Jacobs, CIO da Mitre Corp., organização sem fins lucrativos que fornece apoio para pesquisa e desenvolvimento a agências governamentais, na maioria das vezes os candidatos dão respostas diferentes daquelas que os entrevistadores querem ouvir.    
Jacobs diz que geralmente ele contrata profissionais de alto nível de TI, não desenvolvedores com a mão na massa. No entanto, as vagas têm perfis diferentes de empresa para empresa. O candidato também não deve articular uma resposta para surpreendê-lo.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail