Home > Gestão

Atka terceiriza toda área de TI

Sucesso na migração da Royal Polímeros, com duração de apenas 15 dias, foi decisivo na escolha

Claudia Zucare Boscoli

06/07/2007 às 13h31

Foto:

O grupo Atka, composto pela Royal Polímeros, RoyalPlas e BAQ, que produz poliéster, gel e massas plásticas, decidiu migrar todo o seu ambiente de TI para um data center da integradora NetMicro.
A primeira empresa a terceirizar a área de TI foi a Royal Polímeros que, em 15 dias, aliviou todo o setor, que abrigava apenas três funcionários. "Com a terceirização, pudemos reaproveitar a equipe, também ganhamos em segurança interna e externa", avalia o coordenador de informática e telecomunicação da Atka, Luís Augusto Müller Padilha, ressaltando o conforto e a tranqüilidade de ter assistência técnica especializada 24 horas por dia, o ano todo.
Com este primeiro sucesso, já foram iniciados os trabalhos nas outras duas companhias. "O resultado excelente na Royal Polímeros nos fez escolher pela terceirização completa", diz. O contrato com a terceirizada é sob demanda e de acordo com o número de funcionários, ou seja, a Atka paga valor mensal sob medida para suas necessidades.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail