Home > Gestão

Resposabilidade ambiental e TI

Fábricas e escolas do sistema público nos Estados Unidos estão descobrindo como a tecnologia pode auxiliar a reduzir o impacto ambiental

04/07/2007 às 12h08

Foto:

Há muito mais foco hoje no "esverdeamento" de data centers. Mas o movimento de conservação de energia e a proliferação de transporte de dados via IP também estão levando a área de TI a prestar mais atenção na construção das fábricas, coisa que tradicionalmente não passava pelo setor de tecnologia.
Do fabricante de roupas esportivas Eddie Bauer ao sistema de escolas públicas de Nova York, organizações norte-americanas vêm implementando sistemas automáticos de controle de prédios que enviam dados vitais via redes IP e são gerenciadas por portais web. O objetivo comum é reduzir custos com energia e estar adequados a padrões de responsabilidade ambiental, também chamados de padrões-verde.
"Sistemas prediais estão começando a usar o backbone de TI como meio para obter e dar informações a respeito dos sistemas de controle" para as pessoas que os monitoram, afirma Terry Reynolds, vice-presidente de desenvolvimento de negócios da Control Technologies, uma integradora de sistemas norte-americana, que ajudou a implentar o sistema de escolas de Nova York.
Em vários casos, gerentes de fábricas e prédios trabalham diretamente com os integradores para desenhar e implentar estas redes. Ainda assim, TI ainda é procurada quando é preciso tomar decisões críticas como a quantidade de banda para que os dados via IP possam circular pela rede em tempo real, segurança de informações, entre outras coisas.
Quando a confecção Eddie Bauer precisou trocar seu sistema automático de temperatura em uma de suas maiores fábricas, em Ohio, Estados Unidos, acabou mudando para outro fornecedor, o LonWorks, um provedor de redes que controla calor, ventilação, ar condicionado e iluminação, entre outros equipamentos.
Com o sistema LonWorks, o gerente de unidades (fábricas e escritórios) Jim Annable pode rastrear a acurácia das contas de luz da companhia, bem como monitorar tendências e analisar dados para afinar a agenda que liga e desliga sistemas. Além disso, ele pode ser avisado de todos problemas que estão por acontecer em três níveis de emergência, como por exemplo, se a temperatura de determinado ambiente está subindo. A administração remota também é uma vantagem do sistema da Eddie Bauer.
Até agora este novo sitema ajudou a unidade de Ohio a economizar mais de 350 mil dólares, o que diminuiu seu budget em 20%, e atingir o ROI (Return on Investment) em menos de um ano.

Escolas verdes
Os gestores das escolas públicas de Nova York também adotaram o mesmo sistema, LonWorks, para reduzir energia e custo com fábricas. O projeto deve redesenhar 1,2 mil escolas na cidade. O sistema também vai ajudar os gestores a estarem adequados à iniciativa Leadership in Energy and Environmental Design (algo como Liderença em Gestão de Energia e Ambiente), um padrão nacional para desenho de "construções verdes".
Reynolds trabalhou de perto com o departamento de TI da cidade para construir, a partir de uma rede WAN, uma central de informações na qual seja viável enviar dados de cada escola para o bairro do Queens, onde têm uma escola central.
O envolvimento de TI com estes sistemas varia de organização para organização. No projeto das escolas de Nova York, o pessoal de TI da cidade estava envolvido desde o início.
Enquanto o movimento "verde" cresce nos Estados Unidos, a interação entre ára de TI e gestores de unidades só irá aumentar.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail