Home > Carreira

Rede de CIOs vai divulgar competências do Brasil em TI

Criador do Programa Brasil Outsourcing afirma já ter 26 executivos na rede virtual, mas meta é chegar a 100 até setembro

Taís Fuoco, do ComputerWorld

12/04/2007 às 12h43

Foto:

O executivo Flávio Grynszpan, criador do Programa Brasil Outsourcing, está organizando uma rede virtual de executivos brasileiros de TI que atuem no exterior para divulgar as competências do País no segmento.

Segundo ele, a rede está sendo criada em parceria com o Itamarati e terá parte de suas atividades na Europa e parte nos Estados Unidos. Até o momento, diz ele, 26 brasileiros já fazem parte do grupo de CIOs que hoje atuam no exterior.

A meta de Grynszpan até setembro, entretanto, quando a organização será oficializada, é chegar a 100 executivos. Questionado se haveria tal número de executivos de TI brasileiros no exterior, ele afirmou sem pestanejar: "há muito mais que isso".

Segundo ele, "a idéia é que esses profissionais sirvam como mentores para inserir o Brasil no mapa" das nações com competência em TI.

No final de março, por exemplo, o brasileiro Fernando Birman assumiu posição mundial no escritório da Rhodia em Lyon, na França, depois de 21 anos de atuação na filial brasileira da companhia francesa. O ex-diretor de TI para América Latina passa a ser diretor mundial de CRM & Estratégia.

Outro brasileiro que hoje atua no exterior é Mauro Pinto, que até novembro de 2005 foi CIO para o Mercosul da General Motors, e hoje ocupa o cargo de CIO para a Europa da GM Powertrain, cuja sede fica em Turim, na Itália.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail