Home > Tendências

Processos bilionários

Foco em SOA, web services e web 2.0 levará ao desenvolvimento do setor, de acordo com Gartner

05/04/2007 às 19h42

soa3_int.jpg
Foto:

Previsões do Gartner apontam que o mercado global de soluções de business process management (BPM) deve ultrapassar a marca de US$ 1 bilhão em 2007. Até 2011, a expectativa é que o segmento movimente US$ 2,6 bilhões, graças às mudanças nas dinâmicas de negócios na internet. Os números fazem do setor um dos mais prósperos dos próximos anos, com uma taxa de crescimento anual 24%.
De um lado, o maior investimento em gestão de processos vem ao encontro da expectativa dos executivos de negócios. Segundo uma pesquisa realizada pelo próprio Gartner em parceria com a revista Forbes, no terceiro trimestre de 2006, 45% dos executivos de negócios esperavam que os CIOs passassem a se responsabilizar pelos processos corporativos até 2011.
Influenciam também o desenvolvimento das soluções de BPM os investimentos cada vez maiores em arquitetura orientada a serviços, web services e web 2.0 – áreas que devem consumir 22% dos orçamentos de TI das corporações em 2007. Jess Thompson, diretor de pesquisa do Gartner e palestrante da VI Conferência de Integração Empresarial – que acontece nos dias 10 e 11 de abril, em São Paulo – afirma que, em 2007, mais de 50% das novas aplicações de missão crítica e dos novos processos de negócios serão desenhados usando SOA. “Até 2010, esse número deve chegar a 80%”, aponta.
A Europa Ocidental e a América do Norte devem continuar sendo os maiores mercados para as soluções de BPM, com, respectivamente, 50% e 32% do mercado. A Ásia, que em 2006 ficou com apenas 7% do segmento, deve ter taxas de crescimento recordes ao longo dos próximos seis anos.

Recomendações para os usuários
As três melhores práticas:
• Tenha projetos orientados ao negócio – tenha um analista de processos de negócios para trabalhar com cada principal processo e tenha certeza que uma só visão ou um só fornecedor não serão suficientes
• Seja um parceiro – veja TI como um possibilitador do BPM, não como o líder
• Crie um centro de excelência em BPM – selecione pessoas especializadas para liderar o centro

Os três principais desafios:
• Falta de apoio das áreas de negócios e envolvimento de pessoas com poucas habilidades
• Escopo não muito claro
• Falta de governança

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail