Home > Carreira

Sete dicas para atrair e manter talentos em TI

Adotar estas táticas para atrair e manter bons profissionais irá colocá-lo em destaque e torná-lo um líder melhor

David Reff*

08/03/2007 às 19h26

talento_int.jpg
Foto:

Não seria ótimo ter debaixo do braço uma lista usada pelas organizações líderes de TI com as melhores práticas para atrair e manter os maiores talentos? Se a sua resposta é um redondo sim, considere isto um aviso. Segundo a revista Business 2.0, para cada dois profissionais que se aposentarem na próxima década, haverá apenas um universitário recém-formado para tomar seu lugar. “O desafio (para os executivos de TI) será manter candidatos batendo na porta para serem contratados”, diz Phil Zwieg, ex-vice-presidente de TI da Northwestern Mutual Life. Os departamentos de TI que efetivamente apóiem e ajudem suas empresas na próxima década serão – pura e simplesmente – os que contarem com os melhores quadros. Aqueles que ficarem para trás o farão porque subestimaram a competitividade do que muitos economistas prevêem será a guerra mais intensa por talentos na história do mundo dos negócios.
Ao longo da próxima década, sua carreira irá depender da sua habilidade de atrair e manter os melhores profissionais de TI. Seu sucesso fazendo isso trará um bônus adicional: ele o ajudará a se destacar como um candidato preferencial para as oportunidades executivas de TI que surgirem à frente. Leia abaixo sete táticas para vencer esta guerra de talentos:

1. Vá à luta!
Vencer a guerra pelo talento requer ir atrás dos melhores e mais brilhantes com determinação irrefreável: “Ás vezes cometemos o erro de pensar que só estamos entrevistando pessoas, e que elas devem nos vender (para elas mesmas)”, diz Bob Prosen, autor do livro Kiss Theory Good Bye (Dê adeus à teoria). Na verdade, você precisa vender aos possíveis candidatos – especialmente os mais brilhantes – a sua organização.
Todd Lunsford, CIO da Quicken Loans, diz que os executivos sêniores não se sentem desconfortáveis ao procurar pessoalmente os melhores candidatos. Afinal, nada causa uma impressão melhor num candidato do que receber um telefonema de um dos principais executivos da empresa. “Eu tento fazer o CEO ou o chairman ligarem diretamente para o candidato quando nós (os executivos de TI) percebemos que não conseguimos vender para eles a nossa cultura”, explica.

2. Ofereça posições desafiadoras
Sonja Nelson, que montou para a BMC e a Neon Enterprise Software equipes de desenvolvimento de software que são referência internacional, sabe o que é necessário para cortejar os melhores quadros da indústria. Afinal, ela contratou mais de uma centena deles em décadas de carreira. “Se eles são de fato talentosos, não faz sentido dar-lhes trabalho rotineiro, do dia-a-dia. Eles querem ser arquitetos, não operários”. Assim, não espere até que seus melhores quadros saiam para descobrir que eles estavam aborrecidos. Desafie-os com iniciativas importantes, para então vê-los crescer e mostrar o que sabem.
Na Northwestern Mutual, o antigo VP de TI Zwieg criou um centro de recursos focado no desenvolvimento do funcionário. Uma das suas idéias primordiais era casar as necessidades do departamento com os projetos que os seus funcionários de TI mais gostavam de trabalhar. Este modelo ajudou o grupo de TI de Zwieg aportar entre os 20 primeiros na lista dos Melhores Lugares para Trabalhar em TI da Computerworld dos EUA, e resultou num dilúvio de currículos de empregados qualificados.
Fornecer um ambiente de trabalho desafiador tem um benefício adicional: quando se perde bons empregados, aumentam as chances de que eles retornem, especialmente se seu novo emprego não é melhor do que o antigo. Este foi o caso de um trabalhador de TI que deixou a PCL Construction apenas para voltar seis meses depois, segundo Brain Ranger, a firma canadense de gerenciamento de sistemas e tecnologia. Para a Ranger, o empregado buscou seu antigo emprego porque ele não estava crescendo tanto no mundo da consultoria quanto na PCL.

3. Forneça oportunidades em abundância
Um dos modos mais seguros de atrair e manter os melhores talentos é oferecer aos trabalhadores amplos caminhas para a evolução de suas carreiras. O autor Prosen sublinha a importância de conversar com os candidatos não somente sobre o emprego que eles postulam, mas também aonde eles podem levar. Discutir oportunidades de carreira com os candidatos mostra a eles que existe futuro na sua organização.
Analogamente, se a sua companhia é conhecida pelas promoções internas, tenha certeza de se pavonear sobre o seu histórico de promoções para os candidatos que você corteja. Lunsford, da Quicken Loans, acredita firmemente em dar prioridade dos candidatos internos. “Eu diria que 92 em cada 100 vezes iremos encontrar a pessoa certa dentro da nossa empresa”, diz. Tenha certeza de que o seu melhor pessoal tenha a chance de crescer dentro da sua empresa.

4.Ajude sua equipe a ser tudo o que ela pode ser. 
Existem diversas maneiras de mostrar à sua equipe que o sucesso e a satsfação de todos são importantes para você. Você pode deixar isto claro ao guia-los, dando atenção extra ou simplesmente permitindo que eles sejam livres em como conduzir o trabalho. “Ser um guia, um mentor e um conselheiro para seus funcionários é o que separa os líderes de simples gerentes”, diz Marita Ventura, CTO da fornecedora de soluções de pagamento eletrônico I4 Commerce . Marita usa uma abordagem consultiva com os subordinados, preferindo dar conselhos a dizer o que eles devem fazer. Ela acredita que esta é a melhor maneira de fazer as pessoas aprenderem e se desenvolverem profissionalmente.
A executiva usou esse modelo com um empregado contratado, inicialmente, por suas habilidades técnicas. Ela percebeu que ele tinha potencial como líder e passou a incentiva-lo. Hoje, ele dirige a area de desenvolvimento dos sistemas core da companhia e está repassando os conselhos à sua equipe. “O seu time confia nele e o respeita”, ela garante.

++++

5.Confie e respeite sua equipe
Para Lunsford, da Quicken Loan, confiança é uma via de duas mãos entre gestores e funcionários – e começa no processo de seleção. O candidato precisa acreditar que o gestor que o está entrevistando aprensenta o que o cargo e a companhia são realmente, enquanto o empregador precisa crer que o candidate está apontando suas habilidades e experiências reais.
Confiar em seus empregados e respeita-los significa também tolerar seus erros e reconhecer que eles são parte do processo de aprendizado.
Lunsford, que está na Quicken Loans por nove anos, diz que se hoje ele consegue tomar decisões sólidas e seguras é por que aprendeu com seus próprios erros no passado. Ele credita muito de sua experiência ao apoio que recebeu de colegas e chefes. E é por isto que ele oferece o mesmo aos seus funcionários.

6. Elogie trabalhos bem feitos.
Funcionários não permanecerão em uma companhia se eles não acharem que seu trabalho está fazendo sucesso. Encontre formas criativas de elogiar bons funcionários – isto é uma parte decisiva do seu trabalho.
Na Quicken Loans, o departamento de TI está no processo de criação de um “Hall da Fama” que irá reconhecer os profissionais que se destacarem na área. A equipe montou também um boletim que mostra os nomes dos funcionários indicados por seus colegas por exemplificarem alguma filosofia da corporação.
Outra maneira de reconhecer os profissionais de destaque é fazer com que toda a equipe enxergue o impacto de suas ações nos clientes.

7.Crie um ambiente vibrante.
Seu time trabalha tanto quanto você, então, aconteça o que acontecer, não esqueça de garantir que todos estão gostando da jornada.
A diversão vem de todas as formas e tamanhos. Pode ser fruto de uma expansão dos negócios ou de uma nova unidade, por exemplo. Se não há nada como um novo data center nos planos da empresa, existem infinitas outras oportunidades de tornar o dia-a-dia mais energizante e divertido. Deixe os funcionários à vontade para decorar sua mesa ou area de trabalho, por exemplo. È simples e eficiente.
Saber construir uma equipe efetiva, coesa e com baixo indice de turnover é vital. Sua habilidade de contratar e manter talentos irá te diferenciar. Adotar essas táticas para atrair e manter os melhores irá fazer de você um líder melhor e um candidato mais preparado para outros empregos em TI.

*David Reff é CEO da David Reff & Company, empresa especializada em executive search de CIOs, CTOs e seus subordinados diretos. Reff pode ser encontrado no e-mail David@davidreff.com

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail