Home > Gestão

Expectativas sob controle – parte 2

O desafio de gerenciar expectativas também se baseia em ingredientes financeiros: calcular o orçamento e fazer a cotação de produtos e serviços

Dean Meyer

02/01/2006 às 22h11

Foto:

O orçamento deve prever quanto sairá da conta dos clientes versus os recursos a serem gerenciados por TI. E as cotações devem representar o verdadeiro custo do que os clientes querem ou devem comprar.
Não se trata de ingredientes separados. Tanto o orçamento quanto a cotação devem ser planejados por um processo operacional integrado e único, fundamentado pelo reconhecimento das linhas de negócios dentro da organização de TI.
Depois, cada gerente deve listar todos os produtos e serviços que ele ou ela deve vender (internamente ou a clientes externos) no decorrer do ano. Esta é a base para um catálogo de serviços planejado de acordo com as decisões de aquisição dos clientes.
Essas análises incluem o tipo de equipe (empregados e contratantes) a ser utilizada, os custos para cada um, e despesas diretas e indiretas. Nesse processo, os gerentes devem concordar sobre o que irão vender um ao outro.
Eles também devem saber o que esperar de TI. Com a noção exata do potencial do orçamento que têm em mãos, é possível fazer o gerenciamento de vários centros de custos, base para um processo dinâmico de gestão de portifólio que resulta nos preços a serem praticados a partir de então.
Esse planejamento integrado para definição de orçamento e preços é o primeiro passo de uma abordagem efetiva de gerenciamento de expectativas. Dessa forma, expectativas e recursos serão saudavelmente alinhados, e os resultados mais bem comunicados aos clientes. 

Abordagem sistemática
O problema do gerenciamento de expectativas não pode ser resolvido pela exposição dos limites de TI, nem por comitês burocráticos. Apenas a partir de uma abordagem sistemática é possível seguir pela direção certa, e de uma maneira definitiva.
A inspiração está nos fundamentos econômicos de mercado e em um planejamento operacional integrado, que leve em conta os processos orçamentários e de precificação.
 
* O consultor Dean Meyer é autor de seis livros sobre gerenciamento de TI e é colunista de CIO.

Página anterior ( 1 )

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail